quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Retrospectiva: os fatos marcantes no transporte pernambucano em 2014


Dando continuidade a nossa retrospectiva 2014, vamos relembrar hoje os cinco fatos que mais chamaram atenção no mundo do transporte em Pernambuco. Se você ainda não viu a primeira parte do nosso especial, confira agora: http://maxionibusolinda.blogspot.com.br/2014/12/retrospectiva-as-novidades-de-frota-das.html

5º lugar - Incêndio na garagem da empresa Bahia

No início da madrugada do dia 07 de abril, um incêndio de grandes proporções assolou a garagem da empresa Bahia, localizada em Caruaru. Dos 28 ônibus da frota, 12 foram completamente destruídos e 13 parcialmente danificados. O prejuízo estimado foi de R$ 3 milhões.

Créditos: Eliaquim Oliveira/Acervo

Acredita-se que o incêndio tenha sido criminoso, porém até hoje a real causa não foi descoberta. Com o incêndio, a Bahia teve suas atividades prejudicadas por cerca de dois meses. Alguns acreditaram que aquele seria o fim da empresa.

Entretanto, a Bahia se reergueu. Trouxe vários ônibus usados do Rio de Janeiro, em bom estado de conservação, para substituir os incendiados. Além disso, conforme mostramos ontem, também foi a primeira empresa de Pernambuco a trazer a nova versão do tradicional modelo Torino, com quatro unidades zero quilômetro.

Leia novamente a matéria completa sobre o incêndio na garagem da Bahia clicando AQUI.

4º lugar - Inauguração das Faixas Azuis

Créditos: NE10/Divulgação

O projeto de BRS recifense, chamado por aqui de Faixa Azul, teve início em dezembro de 2013 com a inauguração da pista exclusiva para ônibus da Rua Cosme Viana, em Afogados. Em 2014, a prefeitura deu continuidade ao projeto, inaugurando mais três faixas: na Avenida Mascarenhas de Morais (nos dois sentidos), e na Avenida Domingos Ferreira.

Entretanto, esperava-se uma ação maior da prefeitura neste projeto. Grandes corredores ficaram de fora e não receberam as Faixas Azuis em 2014. Entre eles podemos citar as avenidas Recife, Conselheiro Aguiar, Abdias de Carvalho e Beberibe.

Leia novamente a matéria completa sobre a inauguração das Faixas Azuis:
- Avenida Mascarenhas de Morais, clique AQUI
- Avenida Domingos Ferreira, clique AQUI

3º lugar - Constantes problemas no metrô

2014 não foi um ano fácil para o metrô do Recife. Apesar de ter transportado cerca de 10 mil passageiros a mais em 2013, quem precisou do sistema enfrentou muito sufoco. Panes elétricas e mecânicas e vandalismo foram apenas alguns dos problemas enfrentados pelos usuários.

No mês de novembro, por exemplo, um motorista que dirijia alcoolizado bateu contra a mureta de proteção de um viaduto que passa sobre a linha do metrô. A batida prejudicou a fiação elétrica e o metrô teve que parar de funcionar para os técnicos da CBTU realizarem os reparos necessários. Em um dia comum, esse já teria sido motivo suficiente para instalar o caos na cidade. Porém, naquela data em especial, seria realizada a prova do ENEM. Milhares de estudantes foram prejudicados e sofreram para chegar aos seus locais de prova.

Já em dezembro, um apagão ocorrido na Região Metropolitana do Recife também gerou problemas na rede elétrica do metrô, que passou cinco dias sem funcionar até a estação Camaragibe. Estes episódios evidenciaram o que todos já sabiam: o metrô do Recife está saturado, sucateado, e muito em breve vai parar de vez, por não suportar mais a demanda e os problemas que vem acontecendo de forma recorrente.

Relembre como foi o período em que o metrô ficou sem funcionar por causa do apagão de dezembro clicando AQUI.

2º lugar - Início das operações dos novos consórcios e dos corredores BRT

2014 marcou também o início das operações dos dois primeiros consórcios a serem licitados no sistema de transporte público do Grande Recife: o Conorte - formado pelas empresas Cidade Alta, Rodotur e Itamaracá - e o Mobibrasil, formado pela Rodoviária Metropolitana.

Ambos os consórcios começaram a operar no dia 16 de julho. Os coletivos tiveram seus prefixos alterados, ganhando um dígito a mais, que representa o lote do sistema ao qual faz parte. A mesma coisa aconteceu com as linhas de ônibus.

Além disso, foram apresentadas a população as novas pinturas dos ônibus do sistema. Com um padrão fixo, criado pelo Grande Recife Consórcio, a única característica que vai diferenciar os coletivos de cada consórcio será a cor predominante. Alguns consórcios que ainda nem existem de fato (porque não assinaram ainda os contratos da licitação), já estrearam suas pinturas, como o Capibaribe e a empresa Vera Cruz. O Conorte também entrou nessa nova era.

Pintura padrão dos novos consórcios foi apresentada aos usuários

A estreia dos consórcios também provocou o remanejamento de algumas linhas entre as empresas. Isto ocorreu devido ao fato dos lotes em que algumas linhas foram alocadas serem diferentes daqueles em que estavam suas operadoras antigas. Algumas linhas que passaram por mudança: 2920 Rio Doce/CDU, 710 Beberibe/Derby, 1907 Paulista/Rio Doce, 1967 TI Igarassu (Dantas Barreto), entre outras.

Paralelamente, deu-se início as operações dos corredores BRT (Bus Rapid Transit) da Região Metropolitana: o Norte-Sul, que quando concluído vai ligar Igarassu ao centro do Recife, e o Leste-Oeste, que vai de Camaragibe também ao centro.


O primeiro corredor a entrar em operação foi o Leste-Oeste, em 07 de junho, com a linha 2480 Camaragibe/Derby. Posteriormente, foram criadas as linhas 2450 TI Camaragibe (Centro) e 2437 TI Caxangá (Centro). Inicialmente, os ônibus circularam em horário de testes, das 9 da manhã as 4 da tarde. Posteriormente, a tabela foi ampliada para 04:30 as 22:30.

Em 16 de julho, começaram as atividades do corredor Norte-Sul, com a linha 1915 TI PE-15 (Dantas Barreto). Posteriormente, foi introduzida também a linha 1979 TI Pelópidas (Dantas Barreto). Os horários de funcionamento seguiram o mesmo modelo do Leste-Oeste.

Entretanto, nenhum dos corredores está em plena operação. Cerca de 10 estações e três terminais integrados ainda não foram inaugurados. Além disso, há mais de 100 BRTs parados nas garagens das empresas.

Durante a Copa do Mundo, os corredores BRTs funcionaram em esquema especial para levar os torcedores até a Arena Pernambuco. Os passageiros podiam embarcar de graça, mostrando os ingressos dos jogos, nas estações da Avenida Guararapes e do Derby, e eram levados pelos modernos ônibus até as proximidades da Arena Pernambuco. O serviço funcionou bem e ganhou elogios dos que fizeram uso do sistema.

Veja como foi o primeiro dia do funcionamento do corredor BRT Leste-Oeste clicando AQUI

Relembre o início das operações do consórcio Conorte e do corredor BRT Norte-Sul clicando AQUI

1º lugar - Fim das atividades das empresas Santa Cruz e São Paulo


O destaque melancólico de 2014 foi o fechamento das portas de duas das mais tradicionais empresas que operavam no transporte público do Grande Recife: a São Paulo, fundada em 1944, a Rodolinda e a Santa Cruz, que havia iniciado suas atividades no ano de 1960.

A primeira a encerrar as atividades foi a Santa Cruz, em 07 de fevereiro. Suas linhas foram assumidas pelas empresas Metropolitana, Borborema e Vera Cruz. No último dia de funcionamento, o clima foi de tristeza no terminal integrado de Jaboatão, onde a Santa Cruz concentrava a maior parte de suas atividades. A frota da operadora foi em parte incorporada a duas outras empresas do sistema: a Pedrosa e a Transcol.

Já no dia 22 de maio foi o dia da São Paulo fechar suas portas. Caxangá, Globo, Pedrosa e Transcol assumiram suas linhas. No mesmo dia, a Rodolinda também encerrou suas atividades na única linha que operava.

As duas empresas encerraram suas atividades pelo mesmo motivo: a licitação das linhas de ônibus do Grande Recife. Ambas não conseguiram se encaixar em nenhum dos consórcios que foram formados, e não conseguiam competir sozinhas com as gigantes do sistema. Neste caso, os empresários optaram por investir em outros ramos de negócio.

Veja como foi o último dia de atividade da Santa Cruz, incluindo um emocionante relato, clicando AQUI.

Relembre o última dia de operação da São Paulo clicando AQUI.

E estes foram os fatos que marcaram o ano de 2014 para o transporte pernambucano. O Maxi Ônibus Olinda aproveita para desejar a todos um feliz ano novo, que 2015 traga muita PAZ, em primeiro lugar, e também saúde, prosperidade, alegria, energias positivas, e, se possível, muito dinheiro no bolso.

O Maxi Ônibus Olinda vai tirar dois dias de folga. Retornamos as nossas atividades no sábado, onde apresentaremos as novidades do site para 2015, e faremos um panorama do que esperar deste ano que chega no mundo dos transportes. Além disso, teremos uma surpresa, com a volta de uma coluna de muito sucesso aqui do site. Não perca!

Terminal Rodoviário aumenta o número de viagens para atender passageiros

Créditos: Rodrigo Lobo/JC Imagem


No Terminal Rodoviário do Recife (TIP), na Zona Oeste da cidade, centenas de passageiros esperam para viajar neste último dia do ano. Para atender a todos, as 15 empresas que atuam na rodoviária disponibilizaram 200 viagens extras desta quarta-feira (31) até o dia 2 de janeiro.


Segundo a administração do terminal, os destinos mais procurados no Estado são Gravatá, caruaru, Palmares e Petrolina. Já no que diz respeito às viagens interestaduais as maiores vendas são para João Pessoa (PA), Natal (RN), Fortaleza (CE), São Luís (MA), Maceió (AL) e Salvador (BA). Entretanto, mesmo com o aumento do número de viagens a orientação do TIP é comprar as passagens de ônibus com antecedência. Os bilhetes podem ser solicitados através do telefone (81) 3452 9400.

JC Online

terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Retrospectiva: as novidades de frota das empresas pernambucanas em 2014


2014 está chegando ao fim. Neste 31 de dezembro, daremos o ponto final a este que foi, em um contexto geral, o ano mais intenso da última década. Acidentes aéreos, escândalos políticos, eleições, copa do mundo... Estes foram apenas alguns eventos em destaque. E para relembrar o que aconteceu no ano em relação ao transporte, o Maxi Ônibus Olinda preparou uma retrospectiva, dividida em duas partes - uma que você confere agora e outra que deixamos para amanhã.

Nesta primeira parte da nossa retrospectiva, vamos relembrar as novidades da frota nas empresas de Pernambuco em 2014. Amanhã, traremos para você alguns fatos importantes que marcaram o ano, além de um breve resumo das novidades do Maxi Ônibus Olinda para 2015.

Para começar, quando o assunto é renovação de frota, sem dúvida o grande destaque ficou para a aquisição dos BRTs - ônibus articulados com porta a esquerda, que passaram a ser utilizados nos novos corredores Norte-Sul e Leste-Oeste, inaugurados no meio do ano, interligando os municípios de Paulista, Olinda e Camaragibe ao centro do Recife.

Cinco empresas compraram os BRTs em 2014, porém apenas quatro colocaram os novos ônibus em circulação. Foram elas: Rodoviária Metropolitana, Itamaracá, Cidade Alta e Rodotur (vale lembrar que o novo modelo do transporte recifense agrupa as empresas operadoras em consórcios. Falaremos mais sobre este assunto na segunda parte da retrospectiva). A CRT comprou os novos coletivos, mas ainda não os colocou em operação.


Ao todo, foram 46 BRTs para a CRT e 54 para a Metropolitana, que juntas formam o consórcio Mobibrasil. Todos são do modelo Caio Millenium BRT, com chassi Scania K310 IA. Já a Itamaracá, Cidade Alta e Rodotur, que fazem parte do consórcio Conorte, compraram 50, 37 e 13 ônibus, respectivamente. A primeira optou pelo modelo Neobus Mega BRT, enquanto as duas últimas vieram com o Marcopolo Viale BRT, todos sob o chassi Volvo B340 M.


Depois dos BRTs, a grande novidade foi a compra da Progresso. Após mais de 10 anos sem investir em ônibus trucados (exceto os DDs), a empresa da família Tude investe em 26 ônibus do tipo, todos do Marcopolo Paradiso 1200 G7, com chassi Scania K360 IB. Além disso, foram adquiridos também mais quatro ônibus Double Decker, modelo Marcopolo Paradiso 1800 G7 DD, chassi Scania K440 IB. Com esta compra, a Progresso começa a se adequar as novas normas que a ANTT deve instituir em 2015 para linhas de transporte rodoviário com mais de 200 km de extensão.

Créditos: Guto de Castro/Unibus RN

Ainda no segmento rodoviário, quem fez grandes investimentos foi a Coletivo. Depois de assumir de forma definitiva a operação das linhas da Jotude, a empresa caruaruense adquiriu 20 novos ônibus, sendo 10 do modelo Marcopolo Paradiso 1200 G7, chassi Scania K360 IB, e 10 do modelo Comil Campione 3.25 2011, sob o chassi Volkswagen 17-260 OD Euro V. Os carros podem ser vistos nas linhas que ligam Recife as cidades de Garanhuns, Arapiraca, Penedo, entre outras.



De volta ao segmento urbano, 2014 começou com uma grande expectativa: quem seria a primeira empresa a trazer para Pernambuco a nova versão do Torino, modelo de ônibus de maior sucesso do mercado brasileiro? Surpreendentemente, a resposta veio do interior: em Caruaru, a empresa Bahia, mesmo amargando um grande prejuízo após um incêndio em sua garagem (vamos relembrar este fato na segunda parte), comprou em maio, as quatro primeiras unidades da carroceria no estado, todas sob o chassi Mercedes-Benz OF-1721 Bluetec 5.

Créditos: Bruno Henrique/Facebook

No Recife, as primeiras unidades do "New Torino" só vieram chegar em dezembro, trazidas, também de forma surpreendente, pela Empresa Metropolitana. Apesar de ser uma tradicional frotista da Marcopolo, não havia uma grande expectativa de que ela fosse a primeira a trazer o modelo na cidade. Foram 20 ônibus ao todo, sendo 10 sob o chassi Mercedes-Benz OF-1721 Bluetec 5, e 10 Volkswagen 17-230 OD Euro V.

Créditos: Almir Correia/Ônibus Brasil

Mas, quem estreou a temporada de renovações em 2014 foi a Borborema, que trouxe em 30 ônibus novos entre março e maio, todos modelo Neobus Mega Plus, chassi Volkswagen 17-230 OD Euro V. Além disso a empresa também investiu no transporte rodoviário, principalmente na frota que atende a construção do polo automotivo de Goiana: foram adquiridos ônibus modelo Neobus New Road N10, com chassi Mercedes-Benz O-500 RS Bluetec 5.


No cenário urbano, outra novidade que teve grande destaque foi a aquisição das empresas Pedrosa, Globo e Transcol, que trouxeram ônibus já com a nova pintura do consórcio o qual farão parte no futuro (Consórcio Capibaribe). As duas últimas ainda trouxeram, no começo de ano, alguns ônibus com as suas tradicionais pinturas (sendo 3 para a Globo e 4 para a Transcol, todos modelo Comil Svelto V chassi Volkswagen 17-230 OD Euro V). Porém, a partir do segundo semestre, as compras passaram a ostentar a pintura padronizada criada pelo Grande Recife Consórcio, sendo 22 para a Pedrosa, 23 para a Globo e 12 para a Transcol, também Comil Svelto V - Volkswagen 17-230 OD Euro V.



Outra que também renovou a frota em 2014 foi a São Judas Tadeu. A empresa trouxe 15 novos ônibus, todos modelo Comil Svelto V, chassi Volkswagen 17-230 OD Euro V, no padrão SEI Alimentadora. Os coletivos, que começaram a rodar no fim de julho, foram alocados nas linhas do TI Cajueiro Seco.

Créditos: João Bosco/Ônibus Brasil

A empresa que mais cresceu em 2014 sem dúvida foi a Caxangá. Tendo assumido boa parte das linhas da São Paulo, que fechou as portas no último mês de maio, a empresa teve que se virar nos 30 para ampliar sua frota e atender a demanda extra que ganhou. Em meio a dezenas de ônibus usados, oriundos da própria São Paulo, foram adquiridos cinco ônibus novos, todos modelo Marcopolo Viale Articulado, chassi Mercedes-Benz O-500 MA Bluetec 5.

Créditos: Willy Henrique/Ônibus Brasil

E para encerrar, a empresa Vera Cruz voltou a investir na renovação de frota em 2014. Foram comprados 35 novos ônibus, todos modelo Marcopolo Torino 2007, chassi Volkswagen 17-230 OD Euro V. 10 dos novos coletivos também já chegaram ostentando a nova pintura padrão da licitação do Grande Recife. Os outros 25 carros foram divididos entre os padrões SEI Circular e Alimentadora.

Créditos: Elias Roberto/Ônibus Brasil

BALANÇO
Após um 2013 fraco em termos de renovação de frota, 2014 conseguiu recuperar, em parte, o ritmo acelerado de novidades que Pernambuco está acostumado a ver. Porém, as compras decepcionaram um pouco em termos de quantidade e qualidade.

Foram ao todo 369 ônibus novos do Grande Recife, sendo 200 BRTs (o equivalente a 54,2%). Apesar de ser um número expressivo, o índice ficou 15,6% abaixo da renovação de 2012 (437 ônibus novos), e foi 10% menor que as compras de 2011 (410 coletivos novos). Além disso, cerca de 80 dos BRTs comprados ainda não entraram em circulação, o que dá uma sensação de que as renovação foi ainda menor para quem anda pelas ruas da cidade.

Em relação a montadoras e modelos, a predominância foi da Marcopolo, com 110 ônibus (29,8%). Em seguida vieram Caio, com 100 (27,1%); Neobus com 80 (21,6%) e Comil com 79 (21,4%). Quanto aos chassis, a predominância foi da Volkswagen, com 154 ônibus (41,7%). Scania e Volvo vem empatadas na segunda colocação, com 100 coletivos cada (o equivalente a 27,1%, cada). A Mercedes-Benz, que chegou a liderar com folga no mercado recifense em um passado não tão distante, patinou em 2014, sendo responsável por apenas 15 ônibus (4,1%).

Tarifa de ônibus tem reajuste e passa a custar R$2,45 em Petrolina

Créditos: Kennedy Silva/Ônibus Brasil


Desde a última terça-feira (23) foi reajustada para R$ 2,45 a passagem de ônibus em Petrolina, no Sertão de Pernambuco. O aumento foi autorizado pela justiça por uma liminar concedida em favor do Sindicato das Empresas de Transporte do Vale do São Francisco (Setranvasf).

De acordo com o diretor presidente da Empresa Empresa Petrolinense de Trânsito e Transporte Coletivo (EPTTC), Paulo Valgueiro, já foi feito um recurso para impedir o aumento. “Esta é uma nova ação que a Setranvasf entrou na justiça e nós temos que obedecer. Hoje entramos com um recurso no intuito de anular e voltar a passagem de R$2,35. Estamos no período de final de ano e com o recesso do judiciário pode ser que demore para ter uma decisão”.

Para quem utiliza o Bilhete Integrado (BIP), será cobrado o valor anterior da passagem que era de R$2,35 até a finalização dos créditos que foram adquiridos. Quanto aos estudantes, vale o desconto de 50% sob o valor da passagem. No mês de setembro, a passagem passou a custar R$ 2,60, mas após briga judicial voltou ao valor de R$2,35.

segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Grande Recife e Urbana-PE não se pronunciam sobre aumento de passagens

Créditos: Mariana Campello/JC Trânsito


O Consórcio Grande Recife e o sindicato das empresas de ônibus (Urbana-PE) que atuam na Região Metropolitana do Recife (RMR), não se pronunciam sobre o possível aumento de tarifas que pode acontecer já em janeiro de 2015 na capital pernambucana. Cálculos apontam que, só com a aplicação do IPCA, o anel A pode passar para R$ 2,50.

Segundo a coluna JC Negócios publicada no Jornal do Commercio nesse sábado (27), a Urbana formalizou um pedido de reajuste no último mês de novembro. Os cálculos do sindicato dão conta de que, só com a aplicação do IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), o aumento para o anel A passará dos atuais R$ 2,15 para R$ 2,50.

Pelo menos oito capitais brasileiras, entre elas Recife, devem ter reajustes nas tarifas de transporte público já em janeiro de 2015, de acordo com dados da Associação Nacional das Empresas de Transporte Urbano (NTU).

Por meio de sua assessoria de comunicação, o Consórcio Grande Recife informou que ainda não há nada oficializado sobre reajuste de tarifa para o transporte público na RMR e que a discussão sobre o assunto ainda não foi feita por causa do processo de transição do governo João Lyra (PSB), que entrega o cargo ao governador eleito de Pernambuco Paulo Câmara, também do PSB.

Procurada pelo Blog de Jamildo, a Urbana-PE disse, também por meio de sua assessoria, que a decisão final sobre o aumento de tarifas é de responsabilidade do Consórcio Grande Recife e que só se pronuncia sobre o assunto depois que esta decisão for tomada.

As notícias com relação ao aumento nas tarifas de ônibus da RMR são levantadas desde o início deste mês de dezembro pelo governador João Lyra Neto. O socialista deixou a responsabilidade para o seu sucessor.

Em entrevista à Radio Jornal no último dia 1° de dezembro, Lyra afirmou que um reunião com representantes das empresas de ônibus seria realizada ainda este mês para definir se aplica o aumento das tarifas, se mantém o subsídio ao setor ou se mantém os dois ao mesmo tempo.

“Se você não tem aumento de tarifa e aumenta o serviço, com certeza você aumenta o subsídio.Teremos uma reunião com o setor até o dia dez de dezembro para que possamos definir com o governador eleito qual a política a ser adotada por ele”, disse João Lyra na época.

As tarifas no transporte público de Pernambuco não são reajustadas desde janeiro de 2012, quando o anel A passou de R$ 2,00 para os atuais R$ 2,15.

Blog de Jamildo

Ônibus Expresso Réveillon vai circular na festa da virada no Recife



Quem pretende ver a chegada do ano novo na orla de Boa Viagem, que sedia a maior festa de réveillon da capital pernambucana, terá opção extra de transporte para a festa. Duas linhas expressas de ônibus vão circular entre os shoppings Recife e Rio Mar e os polos de animação instalados na praia, na Zona Sul. Os coletivos circularão entre as 20h de 31 de dezembro e as 4h30 de 1º de janeiro.

Ao todo, 14 coletivos vão fazer esse percurso. Os veículos sairão dos estacionamentos dos centros comerciais a cada 10 ou 15 minutos, de acordo com a demanda de usuários. Cada passageiro receberá uma pulseira e deve guardá-la para garantir a volta ao local de partida. A pulseira ainda dá o direito a pagar a tarifa simples do estacionamento do shopping aos motoristas que forem de carro aos pontos de saída dos ônibus. A passagem de ida e volta custa R$ 6, não há a opção de tarifa meia para estudantes.

Todos os ônibus terão como destino final a Avenida Conselheiro Aguiar, na altura dos dois polos de animação da orla: Acaiaca e Pina. Para chegar a esses locais sem ficar presos no trânsito, os coletivos vão trafegar pela faixa azul da Avenida Domingos Ferreira e em um corredor exclusivo criado especialmente para o evento na Avenida Conselheiro Aguiar, entre o trecho da Rua Bruno Veloso e a Avenida Herculano Bandeira, no Pina.

No caminho, os coletivos ainda terão três paradas de passageiros: no Banco Bradesco, entre as ruas Félix de Brito e Antônio Falcão; no supermercado Frutaria, entre as ruas Bruno Veloso e Padre Carapuceiro; e nas proximidades do Bar Socaldinho, no número 85 da Avenida Conselheiro Aguiar. Esta última parada é exclusiva dos ônibus que saem no Shopping Rio Mar.

O chamado Expresso Réveillon é uma iniciativa da Companhia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU), em parceria com a Empresa Borborema e os shoppings RioMar e Recife, e funciona nos mesmos moldes do Expresso Carnaval, que há 13 anos leva os foliões dos shoppings da cidade para o Recife Antigo e as ladeiras de Olinda. O projeto foi criado com o intuito de desafogar o trânsito e facilitar a mobilidade de recifenses e turistas para o local das festas.

Táxis
Além do esquema especial de ônibus, os recifenses poderão contar com mais pontos de táxi nas proximidades da festa de réveillon na noite da virada. A partir das 20h do dia 31, a CTTU vai montar dois pontos provisórios de táxi no Pina e em Boa Viagem. O primeiro fica entre os números 914 e 770 da Avenida Boa Viagem e o segundo na Praça Cidade do Porto, entre as avenidas Conselheiro Aguiar e Engenheiro Domingos Ferreira.

Os táxis que se dirigirem à orla de Boa Viagem transportando passageiros ainda poderão escapar do trânsito de veículos particulares pelo corredor de ônibus criado especialmente para o evento na Avenida Conselheiro Aguiar e pela faixa azul da Avenida Domingos Ferreira. Além disso, a oferta de táxis na cidade do Recife é 50% maior nesta época do ano, graças ao convênio táxi metropolitano. O programa permite que táxis dos municípios de Olinda, Camaragibe, São Lourenço, Jaboatão dos Guararapes e Paulista também circulem pela capital pernambucana entre dezembro e 2 de janeiro. Vale ressaltar que, nesta época, todas as corridas são cobradas no valor da bandeira 2, independentemente do horário.

G1 PE

Em Jaboatão, motorista de ônibus perde controle e bate em muro


Créditos: WhatsApp/Reprodução


Um ônibus da empresa Metropolitana, se chocou contra um muro de um terreno, no bairro de Prazeres, Jaboatão dos Guararapes, próximo à fábrica da Coca-Cola, na manhã deste domingo (28). De acordo com informações, o motorista informou que havia faltado freio no ônibus e por isso ele perdeu o controle do coletivo. Os passageiros ficaram levemente feridos.
Créditos: WhatsApp/Reprodução

De acordo com o presidente da Cootrape, Alex Sandro, apesar do acidente ter sido por ônibus de linha municipal, não havia nenhum agente de trânsito da Semobil para apurar o caso. “Estes ônibus já foram denunciados à SEMOBIL e ao Ministério Público por estarem bastante velhos e fora da idade de vida útil para fazer o transporte público no município de Jaboatão”, disse.
Créditos: WhatsApp/Reprodução

“Graças ao nosso Grande Deus aconteceu aqui, estes ônibus trafegam diariamente nas ladeiras dos curados, lá teria sido uma tragédia”, contou Alex.

Blog do Marlus Costa

====================================================
Maxi Ônibus Olinda comenta: o veículo envolvido no acidente foi o 079 da Empresa Metropolitana, que fazia a linha 409 Curado IV/Barra de Jangada.

quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

Protesto marca posse da nova gestão do Sindicato dos Rodoviários



Uma confusão chama a atenção de quem passa na rua Araripina, em Santo Amaro. Um grupo de cerca de 20 pessoas protestam em frente ao Sindicato dos Rodoviários de Recife e Região Metropolitana (STTREPE) contra a nova diretoria, que toma posse na manhã desta terça-feira e não está permitindo a entrada de integrantes da oposição.


De acordo com a assessoria de imprensa da Chapa 3, eleita em agosto passado, houve um racha que dividiu a diretoria composta por 15 pessoas. Segundo informações preliminares, o novo presidente, Benilson Custódio, teria feito um acordo com a gestão passada e não estaria cumprindo promessas de campanha



Até a advogada da Chapa, Maria Rita, que atuou no processo de eleição e que está com uma das pernas quebrada, foi impedida de entrar no sindicato. "Eu ajudei a eleger esse presidente. Se ele está assumindo hoje é porque houve o trabalho de uma equipe. Queremos participar do ato de posse para garantir transparência do processo democrático", disse.


A rodoviária Maria de Fátima, 40 anos, que também trabalhou na campanha da Chapa 3, está indignada. "Fui barrada na porta, mas trabalhei dias e dias para garantir a eleição desse presidente". Uma viatura da Polícia Militar acompanha a ação dos manifestantes, que prometem não sair do local.


A Chapa 3 “Oposição Rodoviária de Verdade” ganhou as eleições em agosto passado contra as Chapas da CUT e Força Sindical. Quem deixa o sindicato é Patrício Magalhães, após 28 anos de mandato.

Diário de Pernambuco

terça-feira, 23 de dezembro de 2014

Estações do metrô de Camaragibe e Cosme e Damião voltam a funcionar

Créditos: CBN Recife/Acervo


A partir das 11h dessa terça-feira, as estações Camaragibe e Cosme e Damião da Linha Centro do Metrô serão reabertas. As estações estavam fechadas desde a madrugada da última quarta-feira após apagão devido a um curto-circuito em duas subestações da Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf).
 
A Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) informa que realizou a manutenção de forma ininterrupta para a normalização do sistema. Segundo a CBTU, todo o sistema de sinalização do ramal Coqueiral até Camaragibe foi danificado devido à queda do cabo de alta tensão da Chesf, ocasionando prejuízos à população que utiliza diariamente o Metrô, e precisou ser recuperado em nosso laboratório – por isso a demanda do tempo.


O cabo de transmissão de 230 mil volts da Chesf caiu na linha do Metrô na última quarta-feira, dia 17, e ocasionou um curto-circuito generalizado no sistema de sinalização no ramal Camaragibe, comprometendo o funcionamento da linha Centro. As estações compreendidas entre Alto do Céu e Cosme e Damião foram prejudicadas em seu funcionamento pela rede elétrica danificada, os cabos de alta tensão e os equipamentos eletro-eletrônicos que fazem o monitoramento da via e dos trens.


No último sábado, dia 20, as estações Alto do Céu, Curado e Rodoviária voltaram ao seu funcionamento normal, após à reparação de todo o sistema de segurança de tráfego.

Diário de Pernambuco

Museu do Trem abre ao público nesta terça-feira

Créditos: Raul Lisboa/Flickr


Localizada em frente à Casa da Cultura, na Rua Floriano Peixoto, s/n, bairro de São José, região central do Recife, a Estação Central Capiba volta a funcionar nesta terça-feira (23). Antiga estação ferroviária, em funcionamento no Recife dos séculos XIX e XX, o equipamento volta também a ser a sede do Museu do Trem. Tendo como patrono Gilberto Freyre, o espaço recebeu visitação pública entre os anos de 1972 e 1983, quando fechou as portas. A partir desta semana, abre novamente. Agora, das 9h às 17h, de terça a sexta-feira, e das 10h às 17h, aos sábados e domingos. A entrada é gratuita.


A exposição Chegada e partida - A memória do trem em Pernambuco será o carro-chefe. Mais de 500 peças colhidas nas antigas estações de trem de Pernambuco ficam disponíveis ao visitante. Relógios, balanças, sinos, apitos, faróis e até uma chaminé de caldeira dão as caras. É uma oportunidade de conhecer um pouco mais da história do estado. Além da visitação ao museu, o turista pode circular por toda a área reformada da Estação Central Capiba, que havia parado de funcionar em 1990. A reforma da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe) começou em 2011. O valor total gasto foi de R$ 2,5 milhões.


Além de reparos estruturais, a antiga estação recebeu melhora tecnológica: gerador de energia elétrica, projetos de climatização, sistema de combate a incêndio, câmeras de segurança, iluminação e elevador. A ala expográfica conta com sinalização bilíngue, equipamentos multimídia e cenografia adequada. Um dos destaques é fotográfico: o registro do primeiro trem de passageiros saindo da Estação de Cinco Pontas, no próprio bairro de São José, para a Vila do Cabo, no dia 9 de fevereiro de 1858. Dois anos depois da inauguração da Estação Central, cujas obras duraram seis anos, tendo sido iniciadas em 1850.

Diário de Pernambuco

Ônibus invade pista contrária e bate em muro de casa no Grande Recife

Créditos: Kety Marinho/TV Globo


Um ônibus colidiu com o muro de uma casa localizada na PE-27, mais conhecida como Estrada de Aldeia, no Grande Recife, na manhã desta terça (23). O acidente ocorreu por volta das 8h, quando o coletivo, da linha Aldeia-TI Timbi, passava pela ladeira de Tabatinga, no quilômetro 1 da rodovia estadual. A Diretoria de Trânsito de Camaragibe informou que o condutor teria perdido o controle do veículo durante a troca de marcha, invadindo a pista contrária e atingindo o muro do imóvel. Apesar do susto, ninguém ficou ferido.

De acordo com o diretor de Trânsito do município, Adeílson de Souza, o coletivo transportava cerca de 40 passageiros. "Somente uma grávida passou mal. Fizemos o encaminhamento dela em uma ambulância para a UPA [Unidade de Pronto Atendimento] da Caxangá. Ele nos contou que perdeu o controle da direção na hora em que foi passar a marcha. Estava bastante nervoso", disse. Ele acrescentou que um pedestre que passava pela calçada se jogou no chão para não ser atropelado. "Ele teve algumas escoriações, mas está bem".

Devido à colisão, o trânsito chegou a ficar congestionado na região por aproximadamente 40 minutos. "Fizemos uma operação pare e siga, para permitir a passagem alternada do fluxo de veículos na rodovia", ressaltou Souza. O ônibus foi retirado do local por volta das 8h50 com a ajuda de guinchos. Os passageiros embarcaram em outro coletivo da mesma linha.

Créditos: Kety Marinho/TV Globo


G1 PE

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Metrô do Recife transportou 11 milhões de passageiros a mais em 2014

Créditos: CBN Recife/Acervo


O metrô do Recife transportou, entre novembro do ano passado e deste ano, cerca de 11 milhões de passageiros a mais. A Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) divulgou ontem o balanço das atividades deste ano. Em compensação, o órgão disse que ainda não há previsão para retomar o serviço das estações Camaragibe e Cosme e Damião, paradas há cinco dias.


Na linha sul, em 2013, andaram cerca de 24 milhões de pessoas. Neste ano, o número cresceu para 30 milhões de passageiros, ou seja, 25% a mais. A linha centro levou 5 milhões de pessoas a mais, aumento de 8%. O tempo de espera na linha diminuiu de nove minutos para seis.


“O hábito das pessoas que vivem na área da linha sul está mudando, elas tão andando mais de metrô. Além disso, aumentamos de sete para nove o número de trens em horário de pico”, justificou o gerente de Comunicação da CBTU, Salvino Gomes.


Segundo ele, a Copa contou, mas não foi determinante. “Por que foram apenas cinco jogos e muitas pessoas não trabalharam nesses dias.” Até o fim de 2015, o órgão pretende concluir as obras da linha sul diesel, que faz o transporte entre o Cabo e Cajueiro Seco com VLT.


As duas estações que estão sem receber trens pararam desde o apagão da última quarta-feira (17), quando um cabo de transmissão da subestação da Chesf rompeu e atingiu a fiação aérea do metrô, que passa por cima dos trens. Outras três estações (Alto do Céu, Curado e Rodoviária do Metrô do Recife) tiveram o serviço reestabelecido no sábado (20).


“Foi uma sobrecarga de 230 mil volts, muito acima do que sustentamos. Os técnicos estão trabalhando e já reestabeleceram a parte de energia, mas a sinalização ainda não foi normalizada”, afirmou Salvino.


Com as interrupções, cerca de 50 mil pessoas foram efetadas. O Grande Recife Consórcio de Transportes montou um esquema para os passageiros. Os usuários devem ir até a estação rodoviária e pegar um ônibus para Camaragibe. A linha TI Camaragibe/TI TIP atende os passageiros que vão para Camaragibe. Também houve reforço nas linhas BRT Camaragibe (Centro) e TI TIP (Cond. da Boa Vista).

Diário de Pernambuco

Estações de metrô Camaragibe e Cosme e Damião ainda sem previsão de voltar a funcionar

Créditos: JC Imagem/Acervo


Mesmo com o trabalho ininterrupto das equipes do Metrorec, as estações de Cosme e Damião e Camaragibe continuam sem operar. Um problema na rede elétrica da Região Metropolitana do Recife chegou a afetar os dois ramais do metrô, mas aos poucos a situação foi se restabelecendo. Segundo a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), cerca de 50 mil pessoas foram prejudicadas. A Companhia não soube prever quando o funcionamento voltaria ao normal.

No sábado pela manhã as estações Alto Céu, Curado e Rodoviária tiveram o funcionamento restabelecido, faltando apenas Cosme Damião e Camaragibe. Por conta disso, a recomendação para quem precisa ir até Camaragibe permanece a mesma: descer na estação de Barro e pegar um ônibus até Camaragibe.

Neste domingo, para chegar ao Centro do Recife, os passageiros da Zona Oeste tiveram que usar o BRT, mas como no domingo o modal reduz a quantidade de viagens, os ônibus chegaram ao destino completamente lotados.

O problema teve início na noite da última quarta-feira (17), quando duas subestações da Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) entraram em curto-circuito, provocando um apagão em várias áreas da RMR. Na quinta-feira (18) pela manhã, cerca de 400 mil usuários de metrô dos ramais Sul e Centro.

De acordo com a CBTU, a linha Camaragibe foi a mais afetada. "Um cabo da Chesf caiu sobre a rede de alimentação da linha Camaragibe e tivemos curto-circuito e equipamentos danificados. A equipe de manutenção está no local para mensurar o tamanho do estrago e nós ainda não temos previsão para a linha Camaragibe", disse o assessor da Metrorec, Salvino Gomes, assim que ocorreu o acidente.

JC Online

sábado, 20 de dezembro de 2014

Micro-ônibus capota em trecho urbano da BR-101, no Grande Recife

Créditos: Fernando Rego Barros/TV Globo

Um acidente com um micro-ônibus no Grande Recife deixou ao menos uma pessoa levemente ferida na manhã deste sábado (20), segundo a Polícia Rodoviária Federal. O veículo capotou no quilômetro 77,5 da BR-101, no sentido Recife-Cabo de Santo Agostinho, por volta das 6h10. Não houve registro de engarrafamento na região.

Conforme testemunhas, o ferido seria o motorista, que estava só no momento do acidente. Ele teria tentando desviar de uma mulher que atravessava a pista quando perdeu o controle da direção e virou no acostamento. Ele foi socorrido e levado ao Hospital Dom Hélder, no Cabo, com dores nas costas. O veículo era de linha complementar, que atende aos moradores das URs, em Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana.


G1 PE

Linha 2469-Camaragibe/CDU suspensa a partir de hoje




A partir deste sábado (20), a linha 2469–Camaragibe/CDU terá sua operação suspensa. Os moradores do município de Camaragibe, que têm como destino a Cidade Universitária, terão que utilizar as integrações temporais. Na próxima semana, os usuários do Terminal Integrado da Caxangá terão mais uma opção de deslocamento pelo Via Livre. No dia 27, entra em funcionamento a linha 437–TI Caxangá (Centro) com nove veículos BRT e cinco convencionais articulados.


O Grande Recife Consórcio de Transportes adiantou que os BRTs irão realizar embarque e desembarque em 11 das 12 estações em operação ao do corredor Leste/Oeste: Engenho Poeta, Riacho do Cavoco, BR-101, Caiara, Parque do Cordeiro, Forte do Arraial, Getúlio Vargas, Zumbi, Abolição, Derby e Guararapes. Por sua vez, os veículos convencionais seguirão expressos até a Avenida Conde da Boa Vista onde realizarão embarque e desembarque nas paradas a partir da estação Padre Inglês.


As linhas 2445–Tabatinga e 2442–Jardim Primavera (Vale das Pedreiras) passam a ser linhas alimentadoras do TI Caxangá e têm mudança de itinerário. Os veículos dessas linhas seguirão os trajetos atuais até a Avenida Caxangá, onde entrarão na Avenida Afonso Olindense, Rua Rodrigues Ferreira e retornarão para a Avenida Caxangá acessando o TI. As linhas também terão redução de intervalo e aumento no número de viagens que serão realizadas.

Diário de Pernambuco

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Ramal Camaragibe do metrô ainda sem funcionar

Créditos: @david_pfc/Twitter


Mesmo após mais de 24 horas do incidente que deixou a Região Metropolitana do Recife e algumas cidades do interior de Pernambuco sem energia, o funcionamento do metrô do Recife, que foi afetado pela queda, ainda não voltou completamente ao normal na manhã desta sexta-feira (19).

O ramal Camaragibe integra a linha Centro e possúi quatro estações (Alto do Céu, Curado, Rodoviária e Camaragibe) e atende cerca de 50 mil pessoas por dia. O ramal foi afetado com um curto circuito na estação Camaragibe, após um cabo de 230 mil volts cair sobre a via, e amanheceu ainda sem operar e sem previsão para volta.

O funcionamento de todas as linhas do metrô foi prejudicado pelo ocorrido nessa quinta-feira (18), mas, ainda na manhã da quinta, boa parte das estações voltaram a operar normalmente. Nesta manhã, em todas as estações da linha Sul e do ramal Jaboatão da linha Centro, os avisos de que não havia previsão para o retorno do funcionamento do metrô em Camaragibe era emitido.


Por causa da falta do metrô em Camaragibe, as filas da integração e dos BRTs estavam maiores do que o normal na manhã desta sexta: através do ComuniQ, o internauta Tiago Rodrigues denunciou a falta de um planejamento emergencial para auxiliar os passageiros da estação Camaragibe, que se acumulavam nas filas à espera dos coletivos.

O esquema especial de ônibus montado na manhã dessa quinta-feira, porém, está mantido pelo Consórcio Grande Recife. Segundo o Consórcio mesmo com o reforço de quinze ônibus em três linhas importantes do Terminal Integrado Camaragibe e a fiscalização reforçada de terminais como Camaragibe e Barro e de estações de BRT, a demanda de ônibus não consegue suprir a falta de metrô, que chega a transportar 1,2 mil passageiros em um único trem.

Segundo o assessor de imprensa da Metrorec, Salvino Gomes, equipes técnicas da empresa repararam, primeiramente, a parte física da estação (como os cabos e outras estruturas externas), e agora reparam os equipamentos tecnológicos de sinalização, que também foram danificados pela queda da energia. Salvino afirmou, ainda, que o reparo dos equipamentos precisa ser meticuloso para não oferecer riscos à população e que não há previsão para o retorno do metrô.

APAGÃO - O problema nas ligações da Chesf causou um apagão na Região Metropolitana do Recife (RMR) e alguns municípios da Zona da Mata e Agreste do Estado. A energia faltou devido a curtos circuitos que ocorreram em dois pontos diferentes de uma linha de alta tensão da Chesf, próximo às subestações de Joiram, no Curado, e a do Bongi, localizada perto da sede da Chesf. Os curtos circuitos fizeram a linha de alta tensão da Chesf cair em cima da rede de distribuição da Celpe, o que provocou o clarão visto quando ocorreu a falta de energia numa grande parte do Recife.

NE 10

Terminal Rodoviário fornece mais de 300 viagens extras para Natal e Réveillon



O número de usuários do Terminal Integrado de Passageiros (TIP) cresce, tradicionalmente, no período que antecede o Natal até pouco depois da virada do ano. Para atender a demanda, as 15 empresas que atendem no terminal vão oferecer 150 viagens extras no período natalino e 200 no Ano Novo, com intervalos menores.

São esperados 74 mil passageiros para o Natal e 87 mil no Réveillon. Os destinos mais procurados do Estado são Gravatá, Caruaru, Palmares e Petrolina, todas cidades do interior.  Entre os dias 19 e 25 de dezembro, as 150 viagens extras representam um aumento de 6% em relação a rotina do Terminal. Para o Réveillon, as viagens extras estarão disponíveis entre os dias 26 de dezembro e 2 de janeiro. Segundo informações do TIP, caso a demanda seja maior, carros extras podem ser disponibilizados.


O TIP forneceu algumas dicas importantes para evitar transtornos e garantir uma viagem tranquila:


- Comprar as passagens com antecedência
- Chegar ao Terminal Rodoviário com 1h de antecedência
- Conferir a documentação necessária para o embarque, principalmente das crianças (certidão de nascimento, identidade e, caso desacompanhadas dos pais, autorização para o acompanhante)
- Checar se todas as bagagens estão devidamente identificadas com nome, telefone e endereço
- Dirigir-se ao embarque com 30 minutos de antecedência

NE 10

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Mulher cai ao subir em ônibus e acaba atropelada pelo coletivo

Créditos: João Guilherme Cavalcanti/Ônibus Brasil

Uma mulher caiu ao tentar subir em um ônibus e acabou atropelada pelo mesmo coletivo, na manhã desta quinta-feira (18), na Estrada da Batalha, no bairro de Prazeres, em Jaboatão dos Guararapes, Grande Recife. Socorrida para o Hospital Dom Hélder Câmara, no Cabo de Santo Agostinho, a mulher, que tem 30 anos, passa por cirurgia devido a uma fratura exposta causada pelo acidente.

De acordo com testemunhas, a passageira estava na parada embaixo do viaduto da Estrada da Batalha. Quando o coletivo chegou, ela foi subir pela porta do meio, mas acabou escorregando e o ônibus, ao andar, passou por cima da perna dela. O Instituto de Criminalística foi acionado para fazer perícia no local.

A empresa responsável pelo ônibus, São Judas Tadeu, informou que prestou socorro à vítima e vai dar toda a assistência necessária a ela.

Macaxeira
Nesta quinta (18) houve ainda outro acidente com um ônibus, no Terminal Integrado da Macaxeira, na Zona Norte do Recife. Uma passageira estava aguardando um coletivo fora da parada usual e, quando outro ônibus foi dar ré para estacionar, acabou atingindo a mulher. Na queda, ela bateu com a cabeça no meio-fio do terminal.

A passageira foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para uma unidade de saúde, mas não se tem informação de qual unidade seria. O Grande Recife Consórcio de Transporte, que administra o terminal, informou que a responsabilidade pelo acidente é da própria mulher, uma vez que ela estava no meio da pista, aguardando ônibus fora do ponto.

G1 PE
=============================================================
Maxi Ônibus Olinda comenta: o veículo envolvido no acidente em Jaboatão foi o 218 da São Judas Tadeu, que fazia a linha 185 Cabo (Cais de Santa Rita). Já o que se envolveu no acidente na Macaxeira não foi informado.

Ônibus turístico Recife-Olinda pode sair só em março

Créditos: Divulgação


Os ônibus turísticos Recife-Olinda Tour, que seriam lançados, inicialmente, antes da Copa do Mundo, estarão prontos só em 2015. O projeto já havia sido adiado para o segundo semestre de 2014, mas o novo prazo dado é para o primeiro trimestre do ano que vem.

Segundo a Empresa de Turismo de Pernambuco (Empetur), a data foi alterada devido ao atraso da empresa Filuca Turismo e Transporte (vencedora do chamamento público) na entrega dos ônibus. A reportagem procurou a Filuca, para que detalhasse o motivo do atraso na entrega, mas a direção da empresa não quis se pronunciar.

Em maio, quando questionada sobre o primeiro atraso, a Empetur informou que o interesse de novas empresas no serviço demandou um novo cronograma. O projeto, entretanto, não apresenta mudanças.

Projeto - O serviço contará com seis ônibus, com capacidade para 76 passageiros. As linhas percorrerão o total de 43,8 km do Parque Dona Lindu, em Boa Viagem, até a Igreja do Carmo, em Olinda. O preço médio do serviço é de R$ 45, dando direito a utilizá-lo em um período de 24 horas. O Recife-Olinda Tour terá dois andares, bicicletário interno, guia trilíngue e audiodescrição para deficientes.

IG

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Abolição: Túnel deve ser liberado este ano

Créditos: Portal Leia Já/Acervo


Após muitos atrasos e datas presentadas para a entrega, o Túnel da Abolição, que liga a rua Real da Torre à rua João Ivo a Silva, no bairro da Madalena, deverá ser liberado para a circulação dos carros até o fim este ano. Isso não significa, porém, a conclusão de todos os serviços de acabamento. O principal entrave da obra, que tem 287 metros de extensão, foi a estrutura ter encontrado um lençol de água que passa por baixo da área, fazendo minar constantemente o líquido para seu interior.

Os problemas para a finalização da intervenção de mobilidade, prometida para antes a Copa do Mundo, também tiveram impacto no valor. O Estado não soube informar quanto foi o aumento detalhado, pois alega que a estrutura está integrada ao projeto corredor Leste-Oeste do Bus Rapid Transit (BRT), que já passou de R$ 45 milhões para R$ 168,2 milhões, um aditivo de 16%. Apenas o túnel tinha um valor previsto inicial de R$16 milhões.

Segundo a Secretaria das Cidades, responsável pela intervenção, outras mudanças no método construtivo contribuíram para a inflação dos custos, mas a água encontrada pesou para a demora do empreendimento, iniciado em março de 2013. “O trabalho de bombeamento continuará até a cura completa do concreto das paredes. Até o fim do ano, o local estará preparado para aguentar a força da água que está do lado de fora”, informou o secretário executivo de Mobilidade, Gustavo Gurgel. Na última segunda-feira, a Folha de Pernambuco esteve no local e constatou, ainda, a utilização de bombas e mangueiras para enviar a água para fora do túnel, jogando na galeria fluvial. No local é possível verificar pontos com infiltração nas paredes do túnel.

Técnicos da CTTU, Grande Recife e Secretaria das Cidades já estiveram no local numa reunião para acertar detalhes da sinalização e circulação de trânsito na região com a liberação do tráfego. Com a possibilidade da circulação de veículos, haverá alteração de trânsito na região, como na rua José Osório, que voltará a ter a configuração anterior, passando a ser mão dupla. Durante toda a obra, a via ficava constantemente travada devido ao intenso fluxo de veículos.

Os atrasos não prejudicaram apenas a mobilidade da área, mas também tiveram impacto direto no comércio do entorno, que teve uma grande queda de faturamento. Segundo o professor aposentado Givaldo Gualberto, de 72 anos, cerca de 50% das lojas que ficam na rua lateral ao equipamento fecharam.

Ônibus - O túnel possui duas faixas de rolamento, mas dentro existe um recuo onde há a possibilidade de criação de uma parada de ônibus. O Grande Recife Consórcio de Transporte ainda estuda se o local será um ponto seletivo ou não e o quantitativo de linhas. A princípio, 17 linhas deverão passar pelo equipamento.

Folha de Pernambuco

Nova parada no centro de Camaragibe

Créditos: ASCOM/Prefeitura de Camaragibe


A pedido da Prefeitura de Camaragibe, o Grande Recife Consórcio instalou uma nova parada de ônibus no centro da cidade, em frente ao supermercado Todo Dia, visto que os usuários de transporte público se deslocavam quase um quilômetro de distância para terem acesso aos ônibus.

O ponto de ônibus fará integração temporal com a Estação Areinha, a primeira estação BRT de Camaragibe, que será inaugurada neste sábado, 20, às 6:30h. Assim, os usuários poderão utilizar dois transportes públicos – ônibus metropolitano e BRT – pagando uma única passagem.

Prefeitura de Camaragibe

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Prefeitura de Jaboatão anuncia ações para regular o transporte público

Créditos: Lorena Barros/JC Trânsito


Depois de um grave acidente com micro-ônibus, que matou uma pessoa e deixou 25 feridos em Pontezinha, Jaboatão dos Guararapes, na tarde da última quarta-feira (10), a prefeitura da cidade anunciou, na manhã da quinta-feira (11), as ações que há alguns meses vêm sendo estudadas e serão implementadas para regular o transporte por Veículos de Pequeno Porte (VPPs) no município.

Segundo o Secretário Executivo de Mobilidade, Werner Brito, cerca de 2,5 milhões de pessoas utilizam o sistema de transporte de Jaboatão dos Guararapes. Destas, 75% utilizam os micro-ônibus e kombis que circulam na cidade. No mês de novembro, uma fiscalização foi realizada nos VPPs. Nela, constatou-se que 56% dos condutores dos veículos não eram cadastrados na Secretaria de Mobilidade - este era o caso do motorista do ônibus envolvido no acidente em Pontezinha, que morreu - e apenas 11% dos veículos eram dirigidos pelos seus permissionários.

Na fiscalização também foram apontadas irregularidades como o desrespeito às leis de trânsito, cobrança de passagem mais cara por falta de troco, transporte irregular de volumes, permanência no ônibus por mais tempo do que o devido nas paradas e até mesmo o abastecimento do veículo com passageiros dentro, o que é proibido.

Os dados referentes à idade da frota de ônibus também são alarmantes: segundo o secretário, 46% da frota está circulando a mais tempo do que o exigido pela prefeitura, de no máximo oito anos (esse também era o caso do ônibus envolvido no acidente). Porém a retirada desses veículos de circulação não era viável por conta da quantidade de pessoas que dependem desse transporte diariamente. Para a resolução desse problema, um consenso foi feito com o Ministério Público para que os veículos com mais de oito anos ganhassem uma permissão para circular por mais oito meses - tempo suficiente para a licitação de novas concessões - mediante apresentação de laudo do Detran.

Segundo o secretário, para resolver esses problemas, o governo tomará medidas específicas, entre elas: apresentar o resultado da fiscalização e da pesquisa realizada com mais de 600 passageiros ao Ministério Público, continuar concedendo a renovação da licença dos veículos (mediante a apresentação do laudo) e contratar uma empresa especializada para definir uma nova rede de transportes.

NE 10

Fiscalização na faixa azul

Créditos: Blog do Jamildo/Reprodução


A invasão de veículos particulares nos corredores viários onde existe a Faixa Azul, destinada exclusivamente para o tráfego do transporte público, será coibida. A instalação de 200 câmeras de fiscalização eletrônica nas vias começa em fevereiro do próximo ano. O primeiro dos 13 corredores de ônibus do Recife a receber o equipamento será a avenida Mascarenhas de Morais. Orçado em R$ 17 milhões, o projeto foi licitado pela Companhia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU) e será implantado pela empresa pernambucana Serttel, que já possui os contratos da rede de semáforos e dos orientadores de trânsito da Capital. A Faixa Azul funciona de segunda a sexta das 6h às 22h.

Pelo cronograma da CTTU, os equipamentos serão instalados primeiro nos corredores onde já existem a faixa exclusiva - além da Mascarenhas de Moraes, a rua Cosme Viana, em Afogados, e a Herculano Bandeira e Domingos Ferreira, que cortam os bairros do Pina e Boa Viagem, totalizando 21,4 km. Na sequência, a primeira via a receber a intervenção, já com os aparelhos de fiscalização eletrônica, será a avenida Recife. Além das faixas azuis, o contrato vai incluir a faixa segregada do sistema de transporte Bus Rapid Transit (BRT) na avenida Caxangá. Até o final de 2015, a previsão é implantar 60 km de pistas exclusivas para coletivos.

Velocidade
Iniciada em dezembro de 2013, o projeto da Faixa Azul, já beneficiou os corredores onde foram implantados, reduzindo o tempo de viagem e aumentando a velocidade dos veículos. Na avenida Domingos Ferreira o corredor para os coletivos foi implantado em junho. Pouco tempo depois, a velocidade dos ônibus já havia aumentado em aproximadamente 50%, passando de uma média de 11 km/h para 16,5 km/h.

Porém, por falta de uma fiscalização efetiva por parte de agentes de trânsito, muitos carros ainda continuam a circular pelo corredor destinado aos coletivos. “Houve sim uma melhora grande na espera do ônibus e no tempo gasto até a Cidade, mas muitos carros ainda insistem em passar na Faixa Azul”, lamentou a doméstica Maria Josefa Costa, 63 anos. Opinião compartilhada pelo autônomo Fábio Felix, 35 anos. “Se existisse uma fiscalização contínua o benefício seria muito maior”, pontuou.

Para tentar coibir a invasão dos carros na pista dos coletivos, a CTTU atuava com a fiscalização realizada por agentes de trânsito. De janeiro até o início deste mês foram registradas 3,3 mil multas. A infração é considerada leve, no valor de R$ 53,20, além do condutor receber 3 pontos na Carteira de Habilitação. Por nota, a Companhia informou que o monitoramento eletrônica da Faixa Azul será importante para intensificar e otimizar o trabalho de fiscalização que é realizado nas vias.

Folha de Pernambuco

Caruaru: Linha North Shopping terá horário estendido em dezembro.

Créditos: Guto de Castro/Acervo


Durante o mês de dezembro, período das compras natalinas, a Destra irá ampliar o horário da linha de ônibus do North Shopping. Desta forma, desde ontem (10), até o dia 22, de segunda a sábado, a linha funcionará das 10h às 23h, nos domingos 14 e 21 o horário será das 11 às 22h.

Na terça-feira (23), quando o estabelecimento terá funcionamento até às 0h, a linha circulará das 10h às 0h, e os ônibus que atendem os bairros também terão horário estendido até às 0h. A iniciativa é uma parceria da Destra com o North Shopping e visa fomentar a economia local neste período e facilitar o acesso da população que optar por utilizar o transporte público para chegar até ao local.

AETPC

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Petrolina: Empresas investem e novo ônibus chega para atender bairro João de Deus

Créditos: Kennedy Silva/Ônibus Brasil


Os moradores do bairro João de Deus, zona oeste de Petrolina, receberam ontem (4) uma boa notícia: mais um ônibus novo foi colocado em circulação na linha que atende ao bairro. Metade dos veículos que circulam no bairro foi substituída esse ano, sendo que outros quatro novos veículos já haviam entrado em circulação desde junho. O bairro é atendido pela Viva Petrolina.


A entrega do ônibus teve direito até a corte de fita inaugural, feito pela presidente da Associação de Moradores do João de Deus, Patrícia Silva. Para surpresa dos passageiros, a primeira viagem realizada pelo veículo foi gratuita e contou com a presença da Diretoria da Viva Petrolina, que aproveitou para ouvir reclamações e sugestões apresentadas pelos usuários. O novo ônibus é o sétimo adquirido este ano e representa o quantitativo total de veículos, que deveria ter sido substituído em 2013 e 2014, de acordo com a legislação municipal. Em 2015 a empresa deve substituir outros oito veículos, atingindo um total de 40% de renovação da frota em dois anos.

Comentário do Carlos Britto:

Ao longo do ano este Blog noticiou os investimentos realizados pelas empresas e as dificuldades, já há muito conhecidas, do transporte público e da mobilidade em Petrolina. Apenas esse ano, segundo dados do Setranvasf, Viva e Joalina substituíram 13 ônibus, de um total de 62 que circulam diariamente pela cidade. Mas, e aí? já podemos dizer que melhorou? Penso que não.

As notícias falam dos investimentos das empresas, das dificuldades financeiras delas, dos percalços dos usuários. Mas e a Prefeitura, cadê? Que investimentos a EPTTC fez ou faz na melhoria do transporte? Aliás, qual é, afinal, o preço da passagem de ônibus em Petrolina? (já subiu, desceu, subiu e desceu de novo… O Setranvasf diz que as empresas vêm amargando prejuízos e trabalhando no vermelho).

O prefeito diz que quem decide é a justiça, a justiça diz que a prefeitura tem que calcular.
Chega de jogar para a plateia: é preciso encarar a questão com responsabilidade. Enquanto isso, o povo dança…e o prefeito também.

Blog do Carlos Britto

Caruaru: Linhas de ônibus do Salgado/São João da Escócia e do Polo Comercial ganham reforço

Créditos: Carlos Eduardo/Litoral Bus


Atendendo a solicitação dos moradores, desde ontem (01), a linha 191 – Salgado/São João da Escócia conta com mais um veículo para atender a população de forma permanente. O reforço irá diminuir o número de passageiros por viagem, evitando lotações no transporte público, o que vinha sendo alvo de reclamações por parte dos usuários. Com esse aumento, a linha passa de cinco para seis veículos.

Já a linha Polo Comercial irá ganhar dois novos ônibus durante os domingos do mês de dezembro, para atender os compradores que necessitem ir até o local. Com a abertura do comércio de Caruaru nos finais de semana, a linha Rendeiras/Centro também receberá um suporte, contando com mais um veículo aos domingos. As mudanças visam melhorar a prestação de serviço do transporte público na cidade.
 
Jornal de Caruaru
 

Arquivo do blog