sexta-feira, 31 de maio de 2013

Maxi Ônibus Olinda estreia novidades em junho



O mês de junho começa amanhã, e o Maxi Ônibus Olinda vai começar o mês com grandes novidades. Estrearemos novas colunas, traremos de volta antigos sucessos, além de manter você sempre atualizado. As mudanças passam a valer a partir de amanhã. Confira as novidades:

- Onde Está Você: a coluna que já caiu nas graças do público agora estará no ar nas segundas-feiras. Você vai continuar acompanhando com a gente a atual localização de dois ônibus que passaram pela frota pernambucana.




- Opinião: todas as quartas-feiras, você acompanha um comentário crítico relacionado ao transporte. Abordaremos a aceitação dos terminais de integração, os incentivos ao transporte, as greves, os reajustes das passagens e muitos outros temas.

- São João: todas as sextas-feiras de junho trazemos pra você as dicas para curtir o melhor do São João Pernambuco: a agenda de shows nas principais cidades, como chegar, e muito mais.




- Sábado Nostalgia: a coluna que foi sucesso no Flogme está de volta, agora integrando o nosso blog. Todos os sábados, veremos uma foto antiga de um ônibus que passou pela frota pernambucana entre as décadas de 50 e 2000. Com um acervo de mais de 100 fotos, o Sábado Nostalgia busca o sucesso que fez no passado.

Fique ligado! Estamos trabalhando para construir um blog cada vez melhor!

Terminal Integrado Tancredo Neves não agrada muito a população

Foto: Igo Bione/JC Imagem

Desde que foi inaugurado no mês de abril, o Terminal Integrado (TI) Tancredo Neves, na Imbiribeira, Zona Sul do Recife, não tem agradado muito os usuários. Criado para permitir que os cidadãos se desloquem com redução tarifária, a economia nem sempre compensa. Plataformas lotadas, viagem considerada mais longa e cansativa, filas enormes, além do corte de algumas linhas de ônibus são algumas das principais queixas das pessoas que utilizam o terminal.
Por dia, 64 mil passageiros passam pelo local. São 16 linhas alimentadoras e uma circular, além do metrô. Um destes passageiros é o agente de viagens Gustavo Gonçalves, 37 anos, que reclama principalmente da redução do número de ônibus das linhas UR-06, UR-11 e Circular Boa Viagem. “A cada dia que passa diminui mais os ônibus, principalmente, das linhas UR-6 e 11. Se querem desafogar o trânsito porque diminuem em mais de 50% a frota?”, questiona.
A demora dos coletivos e o fato de ter que pegar mais ônibus para chegar ao mesmo destino é outro transtorno que os usuários passaram a vivenciar. Quem reside, por exemplo, no Ibura, Zona Sul, não aprovou o final das linhas diretas. Antes, apenas uma linha de ônibus levava os usuários para a maioria dos destinos. Agora, precisam ir do subúrbio ao TI para, depois, serem distribuídos nas linhas do SEI. 
Quem não se agradou com o fim das linhas diretas foi a promotora de vendas Luzia Simplício, 40, que mora no bairro de Areias. Para ir ao shopping Recife só precisava pegar a linha CDU- Shopping. Com o terminal, ela precisa pegar a linha Macaxeira/ Tancredo Neves, chegar ao terminal e, ainda, aguardar o TI- Via Shopping. “Agora tenho que dar a maior volta, levo quase 40 minutos para fazer um percurso que antes era realizado em 10 minutos. Um absurdo,” lamenta.
Apesar de muitos usuários reclamarem de algumas mudanças, o Grande Recife Consórcio informou que o maior benefício do terminal é o tarifário. Antes os passageiros que pegavam, por exemplo, a linha Candeias / Dois Irmãos, cuja tarifa era de R$ 3,45 (anel B), foram rebaixadas ao anel A (R$ 2,25).
Em relação à demora dos coletivos, outro transtorno apontado pelos usuários, o consórcio esclareceu que todas as 25 linhas operam com intervalo, em dias úteis, entre cinco e 20 minutos.  Um exemplo é a linha TI Tancredo Neves (Circular Boa Viagem) que tem uma média de intervalo de 8 a 15 minutos. No entanto, os usuários relatam que o tempo de espera é bem maior. Já sobre a redução das linhas de ônibus, questinada pelo usuário, a assessoria do consórcio não comentou o motivo do corte destes ônibus.
NE 10

Metrô para por 40 minutos entre as estações Coqueiral e Alto do Céu

Um problema mecânico fez o trem parar e ter que ser rebocado, na tarde desta quarta-feira (29). A falha no sistema teria começado por volta das 16h30, segundo passageiros, entre as estações do Coqueiral, no Recife, e Alto do Céu, em Jaboatão dos Guararapes. O ar-condicionado e as luzes foram desligados, mas, ainda assim, o equipamento não voltou a funcionar. Somente 40 minutos depois, um rebocador guinchou o veículo até a estação Alto do Céu para que os usuários pudessem descer e serem colocados em outros trens.

"Ninguém esperava. Parou tudo, apagaram as luzes, desligaram o ar, mas ninguém desceu. Esperamos por um bom tempo e nada. Agora vamos descer aqui. Quero ir para a rodoviárias, mas olha só o atraso", lamentou Renato Melo, de 30 anos, um dos passageiros.

Procurada pela equipe de reportagem do Diario de Pernambuco, a assessoria de imprensa do MetroRec, gerido pela Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), confirmou o problema técnico e informou estar trabalhando para solucionar os transtornos o mais breve possível.

Diário de Pernambuco

Acidente entre ônibus e van deixa trânsito parado em Olinda

Créditos: Felipe Santiago/Twitter

Uma colisão entre um ônibus e uma van na Avenida Agamenon Magalhães, em Olinda, nas imediações do Shopping do Automóvel, deixou o trânsito parado na manhã desta sexta-feira (31).
De acordo com informações do Batalhão da Polícia Rodoviária Estadual (BPRv), não há registro de vítimas. Seguidores do @JCTrânsito informaram através das redes sociais que o congestionamento atingiu os condutores que seguiam em direção ao Recife, desde a rodovia estadual PE-15.
JC Online
================================================
Maxi Ônibus Olinda comenta:
o veículo envolvido no acidente foi o 130 da Itamaracá que fazia a linha 915 PE-15.

quinta-feira, 30 de maio de 2013

Passagem de ônibus em Caruaru será R$ 2,10

 Comut // Reunião do conselho aconteceu esta manhã na sede da Destra 

Créditos: Guto de Castro/Acervo

Durante reunião do Conselho Municipal de Transporte (Comut) na manhã desta quinta-feira (30), na sede da Destra, ficou definido que a passagem de ônibus em Caruaru será de R$ 2,10. Após cerca de cinco meses de discussões e muito debates no conselho, os integrantes chegaram a este consenso. O aumento foi aprovado por unanimidade entre os cinco representantes do conselho que estiveram presentes. "Tivemos quórum com 60% do conselho reunido", comentou o diretor de Trânsito e Transportes da Destra, Sirone Rodrigues.

Na ocasião foram apresentadas duas planilhas: uma da Destra, com o valor de R$ 2.12 e outra dos empresários, com o valor de R$ 2,45. Sirone Rodrigues explicou que pelo que diz a lei o valor votado deve ser o apresentado pela prefeitura. "Nós poderíamos ter mais 10 planilhas, mas pela lei a da Destra deve ir para votação", comentou. O empresário Adolfo José até sugeriu um arredondamento para cima, no valor de R$ 2,15, mas o conselho acabou optando pelos R$ 2,10.

Blog do Vanguarda
===================================================================
Maxi Ônibus Olinda - Blogger comenta: A nova tarifa passa a valer a partir deste sábado (1°). Há dois anos que a tarifa de ônibus na cidade não era reajustada.

Atraso, calor e superlotação fazem parte da rotina de quem usa metrô no Recife


Créditos: TV Jornal/Reprodução

Na última semana, a superlotação do metrô que circula pela Região Metropolitana do Recife chamou atenção da população que usou o meio de transporte para se deslocar até a Arena Pernambuco, localizada em São Lourenço da Mata. A hora da partida no estádio coincidiu com o horário em que os trabalhadores costumam voltar para casa, o que gerou superlotação em um período do dia que já costuma ter vagões bastante cheios. Usando uma pequena câmera, a TV Jornal embarcou na Estação Recife, com destino a Camaragibe, para mostrar que o atraso dos trens, o calor e a superlotação já fazem parte da  rotina de quem usa o metrô diariamente.
Já no embarque, a correria é grande e um homem fica com um pé preso na porta. O ar-condicionado não funciona, e os usuários do transporte relatam que o calor é rotineiro. A população não respeita as sinalizações que indicam o lado da porta de saída e de entrada dos passageiros, o que muitas vezes pode causar acidentes. Uma passageira reclama da ocasião em que o trem quebrou e os usuários tiveram que seguir caminhando pelos trilhos.

Na volta, no túnel que dá acesso aos pontos de ônibus do Terminal Integrado Joana Bezerra, motos insistem em trafegar e deixam o percurso perigoso para os pedestres. Já os policiais são poucos nas paradas escuras em que as pessoas precisam esperar os coletivos, diferente do que foi visto no dia da inauguração da Arena.

A Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) informou que, devido à aquisição de 15 novos trens, em meados de setembro, o tempo de espera pelos coletivos deve ser reduzido para 3,5 minutos, na Linha Centro, e 5 minutos, na Linha Sul.

Sobre o fato de descer dos trens e seguir sobre os trilhos até a estação mais próxima, a CBTU informou que esse procedimento é correto, desde que os usuários sigam estritamente as orientações dos maquinistas. Nenhum passageiro deve descer por conta própria por causa do perigo da corrente elétrica nos trilhos.
TV Jornal

Estudante de cinco anos morre atropelado por ônibus escolar em Lagoa Grande, no Sertão

Créditos: Guto de Castro/Acervo
Uma criança de cinco anos morreu atropelada por um ônibus escolar no município de Lagoa Grande, no Sertão pernambucano, nesta quinta-feira (24). O menino e um primo da mesma idade tinham acabado de descer do transporte quando foram atingidos pelo veículo. O motorista fugiu do local sem prestar socorro.
A vítima era estudante do 2º ano do ensino fundamental e morreu na hora. De acordo com a família do menino, o motorista do transporte escolar não fez o percurso que era feito normalmente.
O secretário de Educação de Lagoa Grande, Daniel Torres, lamenta o que considera uma fatalidade. Ele explica que o motorista não tinha o apoio de nenhum auxiliar no transporte das crianças da escola até as casas. “Ao longo do processo, era um pensamento nosso de colocar um monitor, mas infelizmente aconteceu uma tragédia lamentável, que segue de exemplo para a gente correr e colocar logo”, disse. Torres afirma, ainda, que o motorista foi identificado, é habilitado e capacitado para exercer a função.
A Polícia Militar foi acionada e o micro-ônibus, aprendido. No entanto, ainda não há pistas do motorista.
Jornal Extra de Pernambuco

Impasse nas negociações pode levar a paralisação do metrô antes da Copa

Impasse nas negociações pode levar trabalhadores a suspender atividades do metrô antes da Copa das Confederações. No dia 11 de junho está marcada mais uma rodada entre os funcionários e a CBTU no Rio de Janeiro.
Até lá os metroviários adotam o estado de greve, ou seja, os procedimentos que antecedem uma paralisação por tempo indeterminado. A categoria reivindica 6,49% de reajuste, enquanto o patronato oferece 4,7%.
Mais de 280 mil pessoas utilizam o metrô – um dos meios de acesso a arena pernambuco em São Lourenço da Mata. Diogo Morais, presidente do sindicato que representa a categoria, diz que a CBTU decepcionou os empregados.
E na manhã desta quarta-feira (29), o governador Eduardo Campos inaugurou o terminal de ônibus integrado do TIP, no Curado. O espaço de cerca de 3.000 m² vai receber 22 mil passageiros todos os dias.
Rádio Jornal

quarta-feira, 29 de maio de 2013

Volkswagen vende cinco ônibus 4x4 para o Chile

Unidades do modelo Volksbus 15.190 serão utilizadas como suporte à extração de minério


Créditos: Volkswagen/Divulgação

Para dar suporte à 
extração de minério, cinco unidades 4x4 do Volksbus 15.190 serão enviadas ao Chile. É a primeira vez que o país compra da Volkswagen essa versão de ônibus. Os veículos foram adquiridos por licitação governamental e consolidam a estratégia de abertura de novos mercados pela MAN Latin America.

O modelo é produzido na fábrica de Resende (RJ) pelo conceito de produção do consórcio modular, onde sete empresas parceiras juntam-se à companhia para montar os conjuntos completos de peças direto na linha de produção. Em parceria com a BMB, empresa responsável pelas modificações mais específicas da montadora, os veículos passam à configuração 4x4 e chegam ao Chile prontos para início das operações. 

O primeiro contato de clientes chilenos com o modelo ocorreu em março, quando o veículo 4x4 foi enviado para homologação e posterior demonstração em feiras e ações de marketing. O Volksbus 15.190 é ideal para transporte urbano em linhas distribuidoras e alimentadoras, operando como midibus ou fretamento de curtas e médias distâncias. Na versão 4x4, utiliza eixos e caixa de transmissão Marmon Harrington, amortecedores reforçados, barra estabilizadora dianteira modificada, barra estabilizadora traseira e respiros dos eixos elevados, ideais para suportar operações mais rígidas. O Chile é um dos principais mercados de exportação da MAN Latin America. Nos primeiros quatro meses de 2013 absorveu quase 500 veículos Volkswagen, respondendo por 21% da parcela de mercado. Em 2012 foram embarcados mais de mil caminhões e ônibus.

Automotive Business

Terminal Integrado do TIP é inaugurado nesta quarta

Novo terminal, que começa a funcionar neste sábado, irá beneficiar diretamente o acesso à Cidade da Copa


Créditos: Bobby Fabisak/JC Imagem

Após um ano em obras, o Terminal Integrado do Terminal Intermunicipal de Passageiros (TIP) é inaugurado na manhã desta quarta-feira, às 9 horas, pelo governador Eduardo Campos.Com um custo de R$ 3,3 milhões, o novo terminal faz parte do Sistema Estrutural Integrado (SEI) e começa a funcionar neste sábado (1°).

O acesso à Cidade da Copa, em São Lourenço da Mata, Região Metropolitana do Recife, será diretamente beneficiado com o terminal. A área construída é de 2,9 mil m² e responderá por uma demanda de 22 mil passageiros por dia.

A passagem terá um custo de R$ 2,25 e, para os usuários que usarem metrô em seu deslocamento de retorno, uma diminuição na tarifa para R$ 1,60. O objetivo do Governo do Estado é expandir o sistema até o final de 2014, após as Copas das Confederações e do Mundo.

JC Online

No Recife, Detran reforça sinalização bilíngue para a Arena Pernambuco

Placas em português e inglês estão sendo instaladas em pontos do Recife. Medida vista indicar e facilitar o caminho até o estádio das copas.


 O Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE) está reforçando a sinalização bilíngue que direciona pernambucanos e turistas até a Arena Pernambuco, localizada às margens da BR-408 em São Lourenço da Mata, Região Metropolitana do Recife. O estádio vai abrigar jogos durante a Copa das Confederações 2013 e Copa do Mundo Fifa 2014. As novas placas estão sendo postas nos principais locais da cidade, incluindo os pontos turísticos.
Quem estiver na Agamenon Magalhães no sentido subúrbio-centro pode ver a placa próxima ao viaduto da Avenida Norte do Torreão, Zona Oeste do Recife. Ela mostra o caminho para a Zona Norte em português e inglês. Na BR-232, no bairro do Curado, a caminho da Arena, as novas placas de trânsito também já foram instaladas.
No metrô do Terminal Integrado de Passageiros (TIP), um mapa da Região Metropolitana mostra onde está localizada a Arena. Ao lado, é possível identificar distâncias entre aeroporto e os principais pontos, também nas duas línguas. As novas placas bilíngues devem ser colocadas em outras 18 estações do Grande Recife.
G1 PE

Ônibus desgovernado atinge pedestre e três carros no Recife

Acidente aconteceu na Visconde de Jequitinhonha, em Boa Viagem. Câmeras de segurança de um edifício flagraram o momento da batida.


Créditos: TV Globo/Reprodução
Duas pessoas ficaram feridas em um acidente na avenida Visconde de Jequitinhonha, no bairro de Boa Viagem, Zona Sul do Recife, na noite da terça-feira (28). Um ônibus que trafegava em alta velocidade pela via subiu o canteiro central e atingiu uma pedestre. A câmera de segurança de um prédio flagrou o momento da batida (veja o vídeo ao lado).
As imagens mostram que o ônibus atropelou a mulher quando ela aguardava no canteiro central para atravessar a pista. No acidente, o veículo ainda derrubou um poste e acertou outros três carros. A pedestre atingida e uma passageira do ônibus ficaram feridas, mas não há informações sobre o estado de saúde delas.
G1 PE

terça-feira, 28 de maio de 2013

Caminhões e ônibus com emissão excessiva de poluentes serão multados

Contran inicia fiscalização dos veículos a partir de junho. Infração grave para poluidores é prevista pelo Código de Trânsito Brasileiro.

Créditos: Alex Azevedo/Unibus RN

A partir de 5 de junho, os caminhões e ônibus que poluem demais serão multados no Brasil. É o que prevê uma resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que regulamenta uma determinação do Código de Trânsito Brasileiro. A infração será considerada grave (R$ 127,69 e 5 pontos na carteira) quando a emissão de determinados poluentes ultrapassar os limites previstos pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama).

A medida afeta diretamente o bolso de milhares de transportadores em todo o país. Para se ter uma ideia, de acordo com dados da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), 870 mil veículos da frota de caminhões do país pertencem a profissionais autônomos, contando com idade média de 16,4 anos. Só em São Paulo, segundo o Departamento de Trânsito (Detran-SP), mais de 186 mil caminhões em circulação têm mais de 30 anos de idade.

Para o gerente de Qualidade do Ar do Ministério do Meio Ambiente, Rudolf Noronha, caminhão antigo não é sinônimo de poluição excessiva. “A gente não exige que um caminhão velho emita o mesmo que um caminhão novo, cada índice depende do ano de fabricação do veículo. Não precisa fazer uma restauração completa do caminhão, os níveis que o Conama exige são facilmente atingidos se forem feitas manutenções periódicas regulares”, explicou à Agência CNT de Notícias.

A fiscalização, segundo o superintendente da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no Rio Grande do Sul, inspetor Jerry Adriane Dias Rodrigues, poderá ser feita por qualquer órgão de trânsito, como os Detrans e a própria PRF. Para ele, que também é conselheiro do Contran, representando o Ministério da Justiça, a fiscalização ficará mais eficiente. 

“Precisávamos de algo mais efetivo para ter condições de fazer uma fiscalização mais segura. Com o opacímetro, [aparelho que mede a emissão de gases], teremos essa maior eficiência. Inclusive vamos utilizar aparelhos portáteis, muito práticos e que precisam ser homologados pelo Inmetro. Estamos adotando os procedimentos para fazer esse trabalho da melhor forma, agora, acho que a sociedade tem que fazer a parte dele também, e não esperar só a punição para começar a mudar o comportamento”, completa o inspetor Dias. Segundo ele, as aferições poderão ser feitas em blitze comuns.

Qualidade do ar
O objetivo da medida é reduzir os índices de poluição, tão prejudicial à saúde. “A questão da qualidade do ar nas grandes cidades é muito grave, temos que atacar de todos os lados. Essa resolução é extremamente importante, porque tira a sensação de que quem não mora na cidade em que existe inspeção veicular, não precisa cuidar do veículo”, ressalta Noronha. Ele lembra ainda que, atualmente, apenas os estados de São Paulo e Rio de Janeiro contam com programas de inspeção veicular e de manutenção periódica. Os demais estados ainda estão analisando como implantar os procedimentos.

Despoluir
A Confederação Nacional do Transporte (CNT) tem trabalhado na redução da emissão de poluentes pelo setor há muitos anos. E desde 2007, o Programa Ambiental do Transporte – Despoluir – realiza uma séria de aferições em todo o território nacional visando a redução da poluição veicular. De acordo com a CNT, veículos bem regulados, além de emitir menos poluentes, consomem menos combustíveis e, consequentemente, exigem menos gastos com manutenção.

“O Despoluir se consolida com uma série de projetos e ações importantes com a finalidade de melhorar o desempenho ambiental no setor transportador, mudando mentalidades, quebrando paradigmas e multiplicando o conhecimento”, afirma o presidente da CNT e do Sest Senat, senador Clésio Andrade.


A implantação gera economia, devido ao menor consumo de combustível, mas, principalmente, consciência ambiental. “Implantamos o programa [Despoluir] em 2008, em Minas Gerais, e, desde então, percebemos uma mudança de visão dos empresários, uma maior conscientização. Várias empresas buscam se adequar em questões que não são legalmente exigidas, mas elas querem melhorar. Fazemos duas aferições por ano nos veículos que participam do programa, a aprovação das frotas é quase maciça. Infelizmente não temos muito alcance sobre os caminhoneiros autônomos”, diz o coordenador do Despoluir da Federação das Empresas de Transportes de Carga do Estado de Minas Gerais (Fetcemg), Elton Zandomênico Gomes.

“Acredito que, para quem já participa do Despoluir, não há com que se assustar com essa regra do Contran, pois as transportadoras sabem que os veículos atendem às exigências”, reforça Elton.

O presidente da Associação Brasileiras dos Caminhoneiros (Abcam), Claudinei Pelegrini, também defende a necessidade da fiscalização sobre a emissão de poluentes. “O principal afetado vai ser o autônomo, mas em contrapartida, queremos ver esses programas que estimulam a renovação de frota funcionando de verdade. O que existe hoje são programas que beneficiam apenas a pequena e média empresa, pois com a carga de documentos que os bancos exigem, fica impossível de você atender”, esclarece.

Em entrevista à Agência CNT de Notícias, ele elogiou o programa Renova SP, implantado recentemente como programa piloto em Santos. “O grande problema de um programa como esse é que, provavelmente, os governos estaduais e federal não terão caixa para trocar os caminhões antigos, frota que pode chegar até 500 mil veículos. Não é que nós queremos poluir, mas é o caminhão [antigo] que nós temos condição de comprar hoje para fazer transporte. Se houver uma linha de crédito específica, realmente voltada para o autônomo, será possível renovar a frota, tirando os veículos de idade avançada de circulação e, com isso, parar de poluir e prejudicar o meio ambiente”, garante Pelegrini. ​
Agência CNT de Notícias

segunda-feira, 27 de maio de 2013

Busscar lança o Bus Star DD


O 36° congresso da Asotrans, associação nacional de transportes da Colômbia, é considerado um dos principais eventos de transportes do país vizinho nosso. O evento pode ser comparado a Fetransrio realizado bienalmente no Rio de Janeiro ou a Fenatran de São Paulo. O evento realizado nos dias 22, 23 e 24 de Maio na cidade de Pereira, capital da província de Risaralda, mostrou muitas inovações no mercado dos transportes no país e aproveitando o momento, a Busscar Colômbia lançou o seu novo modelo, o Bus Star DD. Muito semelhante ao Panorâmico DD produzido até o ano passado pela Busscar Brasil, o novo ônibus foi apresentado na noite da última quarta (22) durante o congresso da Asotrans. 

O novo modelo da Busscar Colômbia possui 4 metros de altura, tendo no primeiro piso, total conforto para 12 passageiros numa sala vip com banheiro e poltronas leito. No segundo piso, 48 podem ser acomodados em poltronas executivas com som e vídeo a bordo, além da conectividade através do sistema wi-fi. Ambos andares possuem ar condicionado. 


Créditos: Autobuses de Colômbia/Acervo

Blog Ônibus Paraibanos

Concurso de fotografia levará vencedores ao Museu da Mercedes-Benz

Vencedores conhecerão cidades alemãs e um dos mais belos museus de caminhões, ônibus e carros do mundo.

Créditos: Blog Mundo a Dentro/Acervo

Gosta de fotografar e gostaria de ganhar uma viagem na faixa para conhecer a Alemanha, incluindo o Museu da Mercedes-Benz em Stuttgart? A oportunidade está sendo lançada pela Mercedes-Benz do Brasil que está patrocinando o cuncurso de fotografia "Alemanha no Brasil: um espelho em fotos".

O concurso, organizado pela Câmara Brasil-Alemanha, faz parte da celebração do ano "Alemanha+Brasil 2013-2014", iniciativa que pretende estreitar as relações econômicas e culturais entre os dois países, além de estimular o intercâmbio de inovação tecnológica entre as empresas alemãs e brasileiras (mais alemãs do que brasileiras se considerarmos que o governo brasileiro não ajuda as empresas brasileiras a serem competitivas no exterior).

O projeto do concurso tem como objetivo estimular os participantes a produzirem fotografias no Brasil com interpretação de imagens originalmente capturadas na Alemanha. Serão premiados os cinco participantes que melhor representarem as fotos-base que estão categorizadas nos seguintes temas: Economia (Museu da Mercedes-Benz em Stuttgart), Esporte (Allianz Arena em Munique), Turismo (Portão de Brandemburgo em Berlim), Cultura (Memorial Goethe&Schiller em Weimar) e Sociedade (Carnaval em Colônia).

Os participantes devem ter a partir de 18 anos, ser brasileiros ou residentes no Brasil e as fotos válidas devem ser feitas em território brasileiro. Cada uma das cinco categorias terá um vencedor, escolhidos em duas etapas, por votação pública online entre os dia s16 de maio e 2 de setembro, e posterior por avaliação de uma banca julgadora. 

Cronograma
Inscrição: de 16 de maio a 30 de agosto
Seleção dos vencedores da primeira etapa: 4 de setembro
Fim da seleção da segunda etapa: 11 de setembro
Anúncio dos vencedores: 12 de setembro
Cerimônia de premiação: 26 de setembro
Viagem à Alemanha: de 28 de setembro a 6 de outubro
Vernissage (abertura) da exposição: 28 de novembro.

O site para inscrição e acesso ao regulamento é o www.alemanhanobrasil.com.br.

Transporte Mundial

Desoneração das passagens de ônibus é confirmada pelo Ministro da Fazenda

Créditos: Guto de Castro/Acervo

O Governo Federal está prestes a anunciar uma medida que deve ser de grande valia para o setor de transportes urbanos: é a desoneração do PIS/Cofins nas passagens de ônibus. Os dois impostos juntos incidem em 3,65% nas tarifas urbanas atualmente.

Ainda não se tem ideia do prazo em que a ação possa entrar em vigor, pois ainda será elaborada uma Medida Provisória (MP). Mas a informação foi confirmada pelo Ministro da Fazenda, Guido Mantega, na última semana.

Segundo Guido, a desoneração do PIS/Cofins nas passagens de ônibus também fará parte das medidas do governo contra o aumento da inflação. Ainda não se sabe se a ação também vai atingir os sistemas de trens e metrôs.

Como ficaria a passagem no Grande Recife sem os impostos

De acordo com o Ministério da Fazenda, o PIS/Cofins representa hoje 3,65% dos valores das passagens de ônibus. Fazendo contas rápidas, verificamos como ficariam as tarifas de ônibus vigentes na Região Metropolitana do Recife:

- o anel "A", que atualmente vale R$ 2,25, passaria a custar R$ 2,2135 com a desoneração;
- o anel "B", hoje cotado em R$ 3,45, valeria R$ 3,4135 com as reduções;
- o anel "D", atualmente valendo R$ 2,75, iria valer R$ 2,7135;
- e o anel "G", atualmente em R$1,50, seria reduzido para R$ 1,4635;

Considerando prováveis arredondamentos, teríamos:

- Anel "A" R$ 2,25 --> R$ 2,20
- Anel "B" R$ 3,45 --> R$ 3,40
- Anel "D" R$ 2,75 --> R$ 2,70
- Anel "G" R$ 1,50 --> R$ 1,45

Vale salientar que isso é apenas uma projeção de como ficariam as tarifas com a desoneração do PIS/Cofins. O projeto ainda precisa ser aprovado pelo Governo Federal para entrar em vigor.

Com informações: Agência Brasil e Unibus RN

Marcopolo vai exportar a partir do Egito


Créditos: Marcopolo/Divulgação

A Marcopolo, empresa gaúcha fabricante de ônibus, vai começar a exportar a partir do Egito até o final deste ano. A indústria tem previsão de entregar a partir de setembro 260 ônibus para o Quênia, sete para Dubai, 200 para a Arábia Saudita, 15 para a Jordânia e 30 para Abu Dhabi, todos feitos na fábrica que mantém no país árabe em joint-venture com a empresa GB Auto. A informação foi dada pelo diretor de Estratégia, Marketing e Institucional da companhia, Ruben Bisi, ao grupo de embaixadores árabes que visitou a sede da Marcopolo, na cidade gaúcha de Caxias do Sul, nesta sexta-feira (17).
A unidade da indústria gaúcha em Suez, no Egito, foi aberta em 2009 e desde então fabricou 2.175 ônibus. A empresa tem atualmente, segundo Bisi, 15,2% do mercado egípcio de ônibus. A capacidade da unidade é de duas mil unidades ao ano, mas há planos de expansão para até oito mil veículos, de acordo com o executivo. A companhia tem produção em 18 plantas, no Brasil, Argentina, Colômbia, México, Estados Unidos, Canadá, África do Sul, Rússia, Índia, China e Austrália, além do Egito. Segundo Bisi, no Egito está um dos seus menores custos de produção em função principalmente do preço baixo da energia.
O executivo da Marcopolo falou que atualmente as exportações da empresa para o Oriente Médio e Norte da África partem do Brasil, mas o objetivo é abastecer toda essa região apenas com a produção do Egito. Até então a unidade não tinha todos os produtos adequados para a exportação, o que ocorrerá a partir de setembro. A fábrica do país árabe está agora, segundo Bisi, em equilíbrio econômico. Desde o início da Primavera Árabe, a empresa enfrentou algumas dificuldades na produção, mas decidiu manter a planta e os funcionários até o mercado voltar ao seu normal, o que está começando a ocorrer.
A demanda anual de países árabes por ônibus da Marcopolo é ao redor de oito mil unidades. “Estamos preparando a fábrica para aumentar a capacidade”, afirmou Bisi em entrevista à ANBA. No Egito, a Marcopolo produz ônibus rodoviários de luxo, principalmente para atender a demanda turística pelos veículos na região. Mas a empresa produz no país árabe outros ônibus que têm consumo local, como os micro-ônibus, usados no transporte urbano.
Em ônibus para turismo no Egito, a Marcopolo concorre com empresas europeias que atuam no país. O executivo falou aos embaixadores árabes sobre a estratégia da Marcopolo de manter pequenas plantas em diferentes países, mas não se comprometeu a abrir unidades em outras nações árabes. De acordo com Bisi, no exterior o perfil dos ônibus produzidos é definido de acordo com a demanda e as características de cada mercado.
A Marcopolo tem seus produtos em mais de 100 países, entre eles a maioria dos países árabes. Ela produz 115 unidades diárias no Brasil, que junto com os veículos feitos no exterior somam 255 unidades. No ano passado, a empresa produziu 31.584 ônibus e teve receita de R$ 3,8 bilhão. Os embaixadores conheceram a planta principal da companhia, que fica em Caxias do Sul, além do seu Centro de Treinamento, na mesma cidade. A companhia ofereceu um almoço aos diplomatas, no restaurante Lacave, também em Caxias.
Agência de Notícias Brasil-Árabe

sábado, 25 de maio de 2013

Onde Está Você: Rodotur 430 e São Paulo 302


Hoje é sábado, e como já é de costume, trazemos pra você mais uma edição da coluna "Onde Está Você". Aqui você vai ver a atual localização de dois ônibus que fizeram história no transporte recifense.

O primeiro é um Caio Apache S21, chassi Volkswagen 17-210 OD. Ele pertenceu à Rodotur e tinha o prefixo 430. Chegou a empresa em 2003, junto com mais 4 irmãos. Passou por várias linhas da empresa até sua aposentadoria, em 2011.

Créditos: Guttemberg Siqueira/Ônibus Brasil


Depois de deixar de operar em linhas oficiais, o 430 continuou na Rodotur. Atualmente, ele serve para a formação dos novos motoristas da empresa, e tem o prefixo 005. Veja como ele está atualmente:

Créditos: Rafa Fernandes/Ônibus Brasil


O segundo destaque da nossa coluna é um Marcopolo Torino 1999, chassi Volkswagen 17-210 OD. Ele pertenceu à empresa São Paulo e tinha o prefixo 302. Adquirido em 2002, fez carreira nas mais diversas linhas da empresa. Encerrou suas atividades em 2010.

Créditos: José Ailton Neto/Ônibus Brasil


Após deixar a São Paulo, o 302 foi vendido, e hoje encontra-se no interior de Alagoas, onde presta serviço pela empresa SJTransporte, tendo ganho o prefixo 215. Confira:

Créditos: Melqui Macedo/Ônibus Brasil

Gostou? Então não perca as edições anteriores da coluna Onde Está Você:

- 18/05/2013: Itamaracá 538 e Transcol 134
- 11/05/2013: Caxangá 213 e Cidade Alta 263
04/05/2013: Mirim 042 e Vera Cruz 010
27/04/2013: Pedrosa 305 e Cruzeiro 048

Volvo vende 28 ônibus articulados para BRT da Guatemala


Volvo vende 28 ônibus articulados para o sistema BRT da Cidade da Guatemala
Créditos: Volvo/Divulgação

A Volvo Bus Latin America vendeu 28 ônibus articulados para o sistema BRT (Bus Rapid Transport) da Cidade da Guatemala, capital da Guatemala.
Os ônibus foram adquiridos pela empresa Transmetro e fazem parte de um projeto de renovação da frota que circula no Eixo Sul do sistema de transporte da cidade. Os novos veículos são menos poluentes e serão entregues em Julho deste ano.
“Esta venda é mais um reforço da liderança da Volvo no mercado de BRT. Nossos ônibus são reconhecidos pelo alto grau de tecnologia embarcada, qualidade e eficiência no consumo de combustível, características que garantem segurança ao passageiro e rentabilidade ao operador de transporte”, afirma Euclides Castro, gerente de linha de ônibus urbanos da Volvo Bus Latin América.

A Transmetro é cliente Volvo desde 1997 e está renovando a sua frota com veículos modernos, com tecnologia Euro5, o que reduz em três vezes a emissão de material particulado e em sete as emissões de NOx (Óxido de Nitroso) comparada com a frota atual.

Os ônibus são do modelo B340M com 20 metros de comprimento e capacidade para 180 passageiros. Os novos veículos Euro5 são até 6% mais econômicos que os anteriores e possuem freios a disco com sistema ABS/EBS, controle eletrônico de tração, suspensão eletrônica, retarder e caixa de cambio automática. “Estas tecnologias que oferecem ainda mais segurança à operação, e diminuem o custo por passageiro por quilômetro rodado”, destaca Castro.

A Volvo afirma que é líder no mercado de ônibus para BRT na América Latina.  O sistema BRT oferece vários benefícios para a cidade, como viagens mais rápidas e seguras para os passageiros, melhoria no fluxo de veículos pela liberação de espaço nas ruas devido a redução no número de ônibus em circulação e integração tarifária.
Blog Ponto de Ônibus

Transporte rodoviário não quer perder demanda

Em busca de competitividade no mercado, empresas transporte terrestres apostam em conforto, flexibilização de horários e serviços diferenciados para conquistar o público.


Créditos: J. Santos/Diário de Pernambuco

Viajar de ônibus era a principal forma que grande parte da população brasileira optava para se locomover pelo  país, especialmente nas décadas de 1980 e 1990. Com o crescimento do setor aéreo e o barateamento dos bilhetes de  avião, as empresas de transporte rodoviário viram a demanda diminuir nos últimos anos. Em busca de  competitividade no mercado, elas estão apostando em diferenciais para conquistar o público. Conforto,  flexibilização de horários e serviços diferenciados são alguns atrativos oferecidos.


De acordo com o diretor da Associação Brasileira das Empresas de Transporte Terrestre de Passageiros (Abrati),  Paulo Lima, houve uma redução de aproximadamente 20% na demanda do setor. “Essa queda aconteceu principalmente  nas rotas interestaduais de longa distância, por conta da diminuição do tempo das viagens ocasionada pelos  aviões”, pontua. 

Em contrapartida, o setor se fortaleceu nas rotas regionais de curta e média distância. Isso porque, nos últimos anos, as empresas de transporte rodoviário estão investindo agressivamente na melhoria da qualidade do serviço. Um levantamento realizado pelo Instituto Vox Populi, em 2010, revelou que 61,1% dos usuários de linhas interestaduais estavam satisfeitos com o serviço. “As poltronas desconfortáveis estão dando lugar a assentos com reclinação total. Além disso, a qualidade dos serviços de bordo também se destaca entre as empresas”, enfatiza Paulo. Aliadas ao conforto, estão as ofertas promocionais e os programas de fidelidade.

É o caso da empresa pernambucana Princesa do Agreste, que na última década viu a demanda cair em 10%. “Além da  concorrência com os aviões, outro fator que pesa contra nós é a malha rodoviária do país”, explica. As más  condições das estradas elevam os custos com a manutenção dos veículos, impactando diretamente no preço do  bilhete. Para tentar se adequar à nova realidade, a Princesa do Agreste vem investindo, nos últimos três anos, em  uma frota mais moderna e equipada. “Estamos melhorando a qualidade dos nossos veículos e implantando alguns  serviços, como a internet sem fio (wifi)”, exemplificou.

De acordo com o gerente comercial da Viação Itapemirim, Alex Barbosa, não houve uma queda da demanda, mas sim uma  substituição. “Se por uma parte do nosso público foi para o setor aéreo, havia outra parcela da população que  sequer tinha acesso ao ônibus rodoviário”, explica. Nesse sentido, o aumento da renda e os baixos índices de  desemprego estimulam uma demanda que, até então, estava reprimida. Recentemente, a empresa decidiu investir em  ônibus com dois banheiros, separados por gênero, para aumentar o conforto dos passageiros.

Para o professor da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e especialista em transportes, Maurício Pina, os  ônibus são mais vantajosos para curtas distâncias devido à flexibilização de horários. “Para ir de avião, é  preciso estar no aeroporto com uma hora de antecedência. No rodoviário, o tempo de embarque é bem menor e, em  alguns casos, a frequência para determinados destinos é alta”, avalia. Como nessas rotas os preços são  equivalentes, conforto e praticidade são o que pesam na balança.


Infraestrutura e tributos são outros desafios do setor

Além da concorrência com as companhias aéreas, as empresas do setor rodoviário enfrentam outros obstáculos: a  isenção da cobrança do ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), que atualmente é de 18% por  passageiro transportado, e a falta de infraestrutura em alguns terminais rodoviários do país. De acordo com o  levantamento da Vox Populi, os terminais do Recife e Caruaru receberam as piores notas (6,62 e 5,52,  respectivamente) em um ranking com 20 rodoviárias de todo o país.

A representante de cosméticos Priscila Rodrigues costuma utilizar o transporte rodoviário a trabalho, e viaja  para diversos estados do Nordeste. “Acho que a infraestrutura dos terminais precisa melhorar bastante”, comentou.  A reportagem do Diario esteve no Terminal Integrado de Passageiros (TIP), e constatou que a iluminiação do local  estava precária. Nos setores de embarque, passageiros colocavam bagagens nos assentos, dificultando os demais.

De acordo com a diretora de gestão da Empresa Pernambucana de Transporte Coletivo Intermunicipal (EPTI),  responsável pelo TIP, já foram iniciadas medidas para recuperar a infraestrutura do terminal. “Estamos  trabalhando junto à Socicam (empresa que administra o terminal) para requalificar o local”, diz. Serão investidos  cerca de R$ 2,1 milhões na melhoria dos sanitários, tratamento da fachada, pintura, recuperação de estruturas,  entre outros.

Ainda de acordo com ela, o governo estadual já investiu mais de R$ 4,5 milhões para a reforma de 11 terminais  rodoviários nas seguintes cidades: Afogados da Ingazeira, Agrestina, Barreiros, Canhotinho, Carpina, Catende,  Custódia, Glória do Goitá, Macaparana, São Caetano, Venturosa. Está previsto o investimento de R$ 2 milhões para  requalificação das rodoviárias de Cabrobó, Goiana, Ouricuri, Santa Maria da Boa Vista, São Bento do Una,  Gameleira e Quipapá.

Diário de Pernambuco

Grande Recife realiza reforço de linhas para usuários que forem fazer o concurso da UFPE

Créditos: Guto de Castro/Acervo

A Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) realizará neste domingo (26) a prova do Concurso Público 2013, para cargos técnico-administrativos. Para auxiliar os usuários que forem participar do concurso, o Grande Recife Consórcio de Transportes irá reforçar as linhas que atendem a região da universidade. 

Serão cinco linhas que, juntas, contarão com 10 veículos e 53 viagens a mais que nos domingos comuns. O reforço terá início às 06h e se encerrará às 18h. 

Abaixo, a lista de linhas que irão atender aos concurseiros: 

202 – Barro/Macaxeira/Várzea 
303 – Curado II/Caxangá (BR 232) 
432 – CDU/Várzea 
522 – Dois Irmãos/Rui Barbosa 
920 – Rio Doce/CDU 


GRCT

Ônibus que trafegam na Iputinga terão seus itinerários alterados neste domingo

Créditos: Guto de Castro/Acervo

A paróquia de Nossa Senhora da Conceição, localizada no bairro da Iputinga, realiza neste domingo (26) um evento em homenagem a santa. Por causa dessa festividade, as ruas Virgínio Marques e Alagoana serão interditadas das 13h às 23h e as duas linhas de ônibus que passam pelo local terão seus itinerários alterados. 

As linhas 422 – Monsenhor Fabrício e 423 – Engenho do Meio deixarão de entrar na Rua Virgínio Marques, entrando mais adiante na BR 101 e em seguida na Rua do Palanque, retornando ao itinerário normal pela Estrada do Barbalho. 

Para mais informações, os usuários devem entrar em contato com a Central de Atendimento ao Cliente do Grande Recife Consórcio de Transporte, no 0800 081 0158. 


GRCT

Ruas serão interditadas para implantação da passarela de acesso à Estação Largo da Paz

A interdição acontece entre às 22h do sábado (25) e 6h do domingo (26), desviando a rota de alguns carros e ônibus bacuraus que passam pelo local. 

Créditos: Nandus/Skyscraper City

A partir das 22h desse sábado (25) até às 6h do domingo (26) a Secretaria das Cidades irá implantar a passarela de acesso à Estação do Metrô Largo da Paz, localizada no bairro de Afogados, Zona Oeste do Recife. Por causa da obra, o trecho da Rua Motocolombó entre o Largo da Paz e a Rua Augusto Wanderley Filho funcionará no sentido contrário. Já o trecho da Av. Sul entre a Rua Francisco Silveira e a Rua Nicolau Pereira estará interditado. 


As linhas que seguem no sentido cidade/subúrbio pela Rua da Paz em direção à Ponte Motocolombó ficarão impedidos de seguir pela Rua Motocolombó. Os veículos terão de fazer o desvio pela Rua São Miguel, seguindo pela Rua Quitério Inácio de Melo, Rua Augusto Wanderley Filho, retornando ao itinerário normal pela Rua Motocolombó. Esse itinerário é o mesmo para as linhas que vem da Av. São Miguel em direção a Avenida Mascarenhas de Moraes ou para a Avenida Sul. 

Já as que seguem no sentido subúrbio/cidade pela Av. Mascarenhas de Morais em direção à Av. Sul deverão entrar na Rua Francisco Silveira, seguindo pela Rua Motocolombó, Largo da Paz, Rua da Paz, Rua Nicolau Pereira, e por fim Av. Sul. 

Com a operação quatro paradas de ônibus serão alteradas. A parada nº 040026 localizada na Rua da Paz, após o Largo da Paz, será desativada, assim como as paradas nº 180456 e nº 180457, localizadas no Largo da Paz e a nº 180011, localizada na Av. Sul. 


Para atender os passageiros que utilizam esses locais, serão implantadas três novas paradas: uma na Rua Motocolombó (lado oposto ao Largo da Paz, próximo ao Banco Santander), uma na Rua Quitério Inácio de Melo (antes da loja Casa da Bateria) e uma na Rua Professor Augusto Wanderley Filho (lado oposto à loja Ryan Móveis). 

Com a interdição acontecendo no horário noturno, a expectativa do Grande Recife Consórcio de Transportes é causar o menor transtorno possível aos usuários de ônibus. Para mais informações, os usuários devem entrar em contato com a Central de Atendimento ao Cliente, no 0800 081 0158. 

Veja abaixo as linhas e itinerários alterados pela interdição: 

• Linhas que seguem da Rua da Paz em direção à Ponte Motocolombó: 

131 – UR 02 (Bacurau) 
145 – Alto Dois Carneiros (Bacurau) 
170 – Muribeca dos Guararapes (Bacurau) 
146 – UR 11 (Bacurau) 
154 – Jordão (Bacurau) 
172 – Conj. Marcos Freire (Bacurau) 
184 – Cabo (Bacurau) 

• Linhas que seguem da Av. São Miguel em direção ao Largo da Paz: 

233 – Cavaleiro (Bacurau) 
254 – Jaboatão (Bacurau) 
243 – Vila Dois Carneiros * 
258 – Moreno (Bacurau) 

• Linhas que seguem da Av. Mascarenhas em direção à Av. Sul: 

131 – UR 02 (Bacurau) 
145 – Alto Dois Carneiros (Bacurau) 
170 – Muribeca dos Guararapes (Bacurau) 
146 – UR 11 (Bacurau) 
154 - Jordão (Bacurau) 
172 – Conj. Marcos Freire (Bacurau) 
184 - Cabo (Bacurau) 


GRCT
 

Arquivo do blog